AO VIVO Últimas Notícias
03/11/2023 18h06 | Atualizado em 03/11/2023 18h10

‘Não chegamos ao Congresso para sermos violentadas’, afirma deputada Erika Hilton sobre ataques de pastor Isidório

Deputado federal baiano Isidório de Santana Júnior é investigado pela PGR por ataques transfóbicos à também deputada Erika Hilton no mês passado

'Não chegamos ao Congresso para sermos violentadas', afirma deputada Erika Hilton sobre ataques de pastor Isidório
Ananda Costa

* Com Juana Castro

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) comentou os ataques transfóbicos que sofreu do deputado federal baiano e pré-candidato à prefeitura de Salvador Isidório de Santana Júnior, conhecido como Pastor Sargento Isidório. “Não chegamos àquele espaço [Congresso Federal] para sermos violentadas”, afirmou Erika no Festival Liberatum, realizado em Salvador desta sexta-feira (3/11) à próxima segunda-feira (6/11).

Erika entrou com uma representação no Ministério Público Federal (MPF) por conta das falas transfóbicas de Isidório, com pedido de indenização de R$ 3 milhões,  e a Procuradoria Geral da República (PGR) investiga o caso. “O Parlamento é um espaço onde divergências ideológicas fazem parte, mas o crime, o ódio, a intolerância e o preconceito não podem ser confudidos com divergência ideológico”.

A deputada disse ainda o porquê ela não entrou com uma representação no Conselho de Ética da Câmara Federal. “Esse Conselho desmoraliza os deputados. Eles praticam crimes dentro da Câmara, nós vamos ao Conselho de Ética e o Conselho absolve os deputados, eles são inocentados”.

Sobre o Festival Liberatum na Bahia, ela destacou a importância do evento para a celebração da cultura negra e inclusão das pessoas pretas e pardas na sociedade. “Não aceitaremos uma sociedade que seja construída sem nós. A diversidade agrega, abre fenda, destrói o que era hegemônico e permite que todo mundo viva”, afirmou Erika.

ENTENDA O CASO

Durante uma sessão da Comissão de Previdência, Assistência Social, Adolescência e Família da Câmara, em outubro, o Pastor Isidório chamou Erika Hilton de “amigo” e afirmou ainda que, mesmo se submetida a uma cirurgia de readequação sexual, uma mulher trans sempre será um homem. Importante ressaltar que, segundo compreensão da Organização Mundial da Saúde (OMS), a identidade de gênero não é definida pelo órgão genital, por isso, uma pessoa trans pode se identificar como tal mesmo sem a cirurgia.

CONFIRA O VÍDEO

FESTIVAL

O Festival Liberatum é realizado desta sexta-feira à próxima segunda-feira com uma programação com painéis, premiações e show. O evento é gratuito e teve ingressos disponibilizados por plataforma online. A programação será em diversos locais. São eles: Centro de Convenções, Candyal Ghetto Square, Praça Cairu e Museu Nacional de Cultura Afro-Brasileira. Veja a programação completa no Aratu On.

LEIA MAIS: ‘Mulheres pretas têm sido sexualizadas na tela, vistas como complicadas e confusas’, diz Viola Davis em Salvador

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!