Culturahá 14 dias. Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Inscrições para a Olimpíada de Matemática da Unicamp vão até sexta; veja como participar

Creditos da foto:Educa Mais Brasil
 Inscrições para a Olimpíada de Matemática da Unicamp vão até sexta; veja como participar

O Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp (IMECC) recebe inscrições até a próxima sexta-feira (9/4) para a 37º edição da Olimpíada de Matemática da Unicamp (OMU). Este ano, a competição será realizada totalmente online por conta da pandemia. 

Estudantes do ensino médio e dos 8º e 9º anos do fundamental de todo país podem participar. Com um formato inédito, a participação ocorrerá por equipes e com fases que terão a duração de uma semana cada. Para participar, é preciso formar equipes com três estudantes do 8º ano ou 9º ano do ensino fundamental ou do ensino médio, além de um professor de matemática de escolas públicas e particulares do Brasil. 

Ao todo, a competição está dividida em três fases e todas as questões são dissertativas. Dessa forma, os participantes devem responder as perguntas da competição com argumentação, justificar os passos e apresentar o raciocínio realizado. As inscrições podem ser feitas através do site da competição. A participação das equipes é validada através do pagamento de uma taxa. Para as equipes de escolas públicas o valor é de R$45, já as equipes de escolas particulares devem desembolsar R$135. 

CRONOGRAMA

Entre os dias 19 a 25 de abril, ocorrerá a primeira etapa, seguida da segunda fase que será realizada entre os dias 7 a 13 de junho. A última etapa será realizada de 9 a 15 de agosto. As equipes vencedoras receberão medalhas de ouro, prata e bronze em uma cerimônia que está marcada para o dia 5 de setembro. Também serão premiadas as equipes que se destacarem nas redações formuladas nas respostas das questões.

As provas serão divididas em dois níveis: Alfa (para estudantes de 8º ano e 9º ano do ensino fundamental) e Beta (para estudantes do ensino médio). 

SOBRE

Em sua 37ª edição, a Olimpíada de Matemática da Unicamp é organizada e preparada por docentes do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp (IMECC) e é uma ferramenta interessante de estudo e aprofundamento para alunos do ensino básico. Em 2020, teve a participação de mais de 6,4 mil estudantes de escolas públicas e particulares de 19 estados brasileiros.

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Notícias Relacionadas

Geral3/10/2021

Inscrições para formação gratuita em ciências da vida estão abertas

inscIições podem ser feitas até 9 de maio e o público-alvo é estudantes graduados ou que irão se formar até o final desse ano

logo_aratuonline

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

“Tão linda... nem parece que é deficiente” ou “ele parece normal” são algumas frases bastante dirigidas a pessoas com deficiência (PCD). Os comentários, embora nem sempre sejam feitos com maldade, revelam um grande preconceito presente na nossa sociedade: o capacitismo.

O termo pode soar estranho ou ser desconhecido do grande público, até por ser relativamente novo, porém, nada mais é que o preconceito contra essa grande minoria. Sim, porque segundo dados de 2018 da Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo vivem com algum tipo de deficiência.

Mas, se engloba tanta gente, por que ainda é algo pouco difundido? Assista ao vídeo para ficar por dentro do assunto e ajudar a construir uma sociedade cada vez mais inclusiva.

Participam desta matéria a jornalista e ativista em direitos humanos Claudia Werneck (@gigidograjau) (@escoladegente), a administradora baiana Rayane Brasil (@rayane_brba), a blogueira carioca Lelê Martins (@blogueirapcd) e a gestora social da APAE Salvador (@apaesalvador), Márcia Rocha. A elas, o nosso muito obrigada.

Leia mais em: https://aratuon.com.br/variedades/noticia/especiais/vamos-falar-sobre-capacitismoA Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) aprovou, na manhã desta terça-feira (20/4), o uso emergencial de um coquetel de dois medicamentos - casirivimabe e imdevimabe - contra à Covid-19. A utilização será realizada em pacientes que apresentem comorbidades como diabetes, obesidade, idade avançada e estado ambulatorial.

Os remédios são uma combinação de dois anticorpos monoclonais que têm como alvo a proteína espicular S do SARS-CoV-2. O coquetel tem por objetivo o tratamento da Covid-19 em adultos e crianças acima dos 12 anos de idade, que pesem no mínimo 40 kg e que não necessitem de suplementação de oxigênio. A aplicação é intravenosa e o medicamento é indicado para o começo da doença. O uso é restrito a hospitais e a venda é proibida ao comércio.

O coquetel, no entanto, não é recomendado para pacientes com quadros graves de Covid-19. "Anticorpos monoclonais como casirivimabe e imdevimabe, podem estar associados a piora nos desfechos clínicos quando administrados em pacientes hospitalizados com COVID-19 que necessitam de suplementação de oxigênio de alto fluxo ou ventilação mecânica".

O coquetel de medicamentos já foi aprovado para uso emergencial pela agência de saúde dos Estados Unidos, após apresentar bons resultados em pacientes com sintomas leves e moderados da Covid-19. Ele também foi usado no tratamento do ex-presidente americano Donald Trump.

Segundo a Anvisa, mesmo sem dados clínicos da avaliação em novas variantes detectadas no país, os benefícios superam os riscos. Novos relatórios e balanços do coquetel serão atualizados conforme os estudos avançarem.Um rodoviário procurou a Polícia Civil nesta terça-feira (20/4) por estar sendo confundido com Átila Oliveira de Jesus, assassino do policial militar Leandro Cursino da Silva, de 35 anos. Tudo começou porque uma fotografia em que Luiz Evandro Souza Quadros aparece ao lado do soldado dentro de um ônibus foi disseminada nas redes sociais.

Na imagem, foi feita uma montagem em que o nome de Átila aparece sobre o rosto de Luiz Evandro. O Boletim de Ocorrência foi registrado na 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho).

A reportagem do Aratu On obteve o conteúdo do depoimento do motorista. Nele, Luiz relata que ficou sabendo da montagem por meio de seus colegas. 

“Circula nos grupos esta fotografia informando que o comunicante seria o executor do policial, fato que não é verdadeiro, pois o indivíduo também foi baleado na ação e veio a óbito".

A morte do PM aconteceu no final da manhã de segunda-feira (19/4) na Rua Silveira Martins, região do Resgate, em Salvador. O militar, lotado na 23ª Companhia Independente (CIPM/Tancredo Neves), estava atendendo a ocorrência de um assalto quando dois criminosos dispararam contra a viatura, atingindo o soldado.

Assim como Átila, o servidor público chegou a ser socorrido para o Hospital Roberto Santos, mas morreu a caminho do local. O outro comparsa conseguiu escapar e segue sendo procurado. 

Antes de entrar para a corporação, Cursino já havia trabalhado na mesma empresa de ônibus que a vítima da calúnia e, na época, tiraram a fotografia juntos. Agora, a Polícia Civil quer saber quem foi o responsável pela montagem.O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) anunciou em coletiva de imprensa nesta terça-feira (20/4) os critérios para a retomada da educação presencial nas escolas municipais a partir do início da vacinação dos professores.

De acordo com o chefe do executivo municipal, a campanha de vacinação para os profissionais da educação começa a partir desta quarta (21/4), com os professores da educação infantil entre 55 e 59 anos. 

“Sempre foi uma preocupação que as crianças poderiam levar o vírus para os familiares, mas, com a vacinação de todos os idosos, diminuímos esse risco e agora estamos avançando com a imunização de profissionais da educação e, com segurança e tranquilidade, iniciar a retomada das aulas presenciais”, disse o gestor.

De acordo com o democrata, as discussões sobre a retomada da educação na capital baiana serão retomadas essa semana juntamente com o Sindicato de Professores da Bahia (APLB). Ele ainda afirmou que o esquema para a educação presencial já está preparado.

“Já estamos com os protocolos definidos, as escolas já estão preparadas e voltaríamos no sistema híbrido com 50% da capacidade em dias alternados. Então, a partir da vacinação, principalmente dos profissionais da educação, nós consideramos ter as condições de retomar as aulas semi presenciais na cidade para concluir o calendário de 2020 e iniciar o calendário de 2021”, revelou.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA EM www.aratuon.com.br
Ver Mais