AO VIVO Últimas Notícias
10/08/2021 09h06 | Atualizado em 10/08/2021 09h10

A favor da liberação, vereador leva discussão da cannabis medicinal para a Câmara

O encontro terá a participação de especialistas na área de saúd

A favor da liberação, vereador leva discussão da cannabis medicinal para a Câmara Foto: Câmara dos Deputados
Da Redação

Acontece nesta terça-feira (10/8), às 10h, uma sessão especial virtual para discutir o uso medicinal da cannabis e o Projeto de Lei nº 172, de autoria do vereador André Fraga (PV), que propõe uma política municipal de uso da substância com distribuição gratuita de medicamentos à base de Canabidiol (CBD) e/ou Tetrahidrocanabinol (THC) nas unidades de saúde pública municipal e privada ou conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS). 

O encontro terá a participação de especialistas na área de saúde, representantes de associação local de pesquisa e desenvolvimento da substância e de mães de pacientes que fazem uso do óleo extraído da planta. 

“Já temos uma série de estudos e pesquisas científicas que comprovam a eficiência do óleo da cannabis em diversos tratamentos médicos. É fundamental levar a discussão para a sociedade como uma forma  de combate à desinformação sobre o uso da medicação, que está melhorando a qualidade de vida de milhares de pacientes”, explica André Fraga. 

Atualmente, no Brasil, mais de 1000 pessoas que sofrem com epilepsia, Alzheimer (800), Parkinson (500), autismo (700), além de outras doenças, tiveram suas vidas impactadas pelo uso da cannabis, segundo a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança, Abrace, única associação no país com aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e autorização da Justiça a cultivar a cannabis e a produzir os medicamentos com componentes como o CBD e THC.

LEIA MAIS: 200 anos da independência do Brasil: edital prevê R$ 30 milhões para obras audiovisuais com o tema

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação