AO VIVO Últimas Notícias
03/08/2021 06h41 | Atualizado em 03/08/2021 07h57

Madrugada agitada! Brasil garante medalhas de ouro na Vela, bronze no atletismo e boxe

Os canoístas baianos Isaquias Queiroz e Jacky Godmann terminaram em quarto lugar na final do C2 1000 metros, na noite desta segunda-feira, em Tóquio.

Madrugada agitada! Brasil garante medalhas de ouro na Vela, bronze no atletismo e boxe Foto: redes sociais
Da Redação

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram nesta terça-feira (3/8) o bicampeonato olímpico na classe 49erFX. As velejadoras terminaram a regata da medalha em Tóquio na terceira colocação, o que foi suficiente para decretarem a primeira colocação geral e a 12ª medalha da delegação verde e amarela no Japão.

Quem também fez bonito em Tóquio foi a baiana Bia Ferreira. Atual campeã mundial da categoria até 60 kg, Bia, de 28 anos, superou a uzbeque Raykhona Kodirova e avançou à semifinal do boxe na categoria peso leve, garantindo ao menos a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O placar apontou uma vitória da brasileira por 5 a 0. 

A semifinal da brasileira está marcada para a próxima quinta-feira (5/8), às 14h15 do horário de Brasília.

Ainda no boxe, o paulista Abner Teixeira também ficou com a medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O peso pesado (até 91kg) de Santo Amaro-SP foi até as semifinais, mas, na manhã desta terça, esbarrou no cubano Julio La Cruz, medalha de ouro no peso meio-pesado (até 81kg) na Rio 2016 e tetracampeão mundial amador. La Cruz venceu por decisão dividida (4-1) e segue à final.

OUTRO BRONZE

Gigante! Com 1,98 metro de altura e suas passadas largas, Alison dos Santos, 21 anos, alcançou um feito gigante nesta terça nos Jogos Olímpicos de Tóquio ao conquistar o bronze nos 400 metros com barreiras. Foi a primeira medalha do Brasil na prova em toda a história e também a primeira no atletismo na Olimpíada no Japão.

NÃO DEU

Os baianos Isaquias Queiroz e Jacky Godmann terminaram em quarto lugar na final do C2 1000 metros, na Olimpíada de Tóquio. A dupla era candidata ao pódio, mas não conseguiu acompanhar os rivais na final no canal Sea Forest e tiveram de se contentar com o quarto posto, com o tempo de 3min27s03.

LEIA MAIS: Secretário da Saúde da Bahia 'perde a linha' e xinga chef de restaurante após não ser atendido; "Vagabunda"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação