AO VIVO Últimas Notícias
17/04/2024 10h30 | Atualizado em 17/04/2024 10h14

Jerônimo deve enviar à AL-BA projeto para valorizar salários de professores indígenas

Jerônimo visitará o Legislativo estadual na manhã desta quinta, a partir das 11h. O intuito é entregar o projeto nas mãos do presidente Adolfo Menezes (PSD)

Jerônimo deve enviar à AL-BA projeto para valorizar salários de professores indígenas Foto: Feijão Almeida/GOVBA
Matheus Caldas

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) deve entregar à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), nesta quinta-feira (18/4), um projeto para equiparar os salários dos professores indígenas ao restante do magistério.

A informação foi divulgada à imprensa nesta quarta-feira (17/4) pela assessoria de imprensa da AL-BA, que, em conteúdo pulicado no site oficial, indica que a informação foi anunciada pelo líder do governo na Casa, deputado estadual Rosemberg Pinto (PT).

Jerônimo visitará o Legislativo estadual na manhã desta quinta, a partir das 11h. O intuito é entregar o projeto nas mãos do presidente Adolfo Menezes (PSD). A proposta foi um dos compromissos de campanha do governador, em 2022.

Esta é a terceira vez que o chefe do Executivo vai à Assembleia para entregar diretamente aos deputados estaduais matéria que considera como prioritária. Em novembro, ele encaminhou o projeto de lei que criou o programa Bahia Sem Fome. Depois, levou à AL-BA o programa de combate à violência, o Bahia pela Paz, substituto do Pacto pela Vida, que reúne um conjunto de projetos e atividades desenvolvidos por diversos órgãos do poder público estadual e sociedade civil, em apoio à população mais vulnerável à violência.

“Agora, mais do que cumprir o compromisso assumido, o chefe do Poder Executivo atende a uma reivindicação antiga dos professores criando uma paridade, ao eliminar uma distorção antiga”, disse o líder do governo.

LEIA MAIS: Otto e Coronel votam para criminalizar porte de qualquer quantidade de droga; Wagner é contra

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira em seus grupos!