AO VIVO Últimas Notícias
10/10/2023 06h53 | Atualizado em 10/10/2023 07h03

Acusado de matar jovem por asfixia em Simões Filho é condenado a 20 anos de prisão

De acordo com informações da defesa da família da vítima, as investigações duraram mais de dois anos, até que o delegado teve acesso às informações da quebra de sigilo telefônico de Stephanie e do réu.

Acusado de matar jovem por asfixia em Simões Filho é condenado a 20 anos de prisão Foto: Arquivo Pessoal
Da Redação

Acusado de ter matado por meio de esganadura, seguida de asfixia, a jovem Stephanie Silva Santos de Souza, de 19 anos, a Justiça condenou, nesta segunda-feira (9/10), a20 anos de prisão, Helder Andrade Santos. O julgamento ocorreu no fórum de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

O crime aconteceu no dia 28 de maio de 2018. O corpo da vítima foi encontrado em um terreno abandonado no município de Simões Filho.

Sete jurados foram sorteados para compor o conselho de sentença. O julgamento começou no início da manhã e às 17h25 os jurados decidiram, por quatro votos a zero, pela condenação do réu por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Stephanie era estudante do 1º ano do Colégio Estadual Desembargador Pedro Ribeiro, em São Caetano, bairro onde morava, e desapareceu por volta das 13h30 a poucos metros de casa. Segundo a família da jovem, câmeras de segurança do bairro chegaram a registrar a vítima a caminho do colégio.

De acordo com informações da defesa da família da vítima, as investigações duraram mais de dois anos, até que o delegado teve acesso às informações da quebra de sigilo telefônico de Stephanie e do réu e constatou que, antes de ser encontrada morta, a vítima teria falado com o réu por três vezes.

LEIA MAIS: Procura por emprego? Conheça as vagas do SineBahia para esta terça-feira

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!