AO VIVO Últimas Notícias
23/02/2024 11h30 | Atualizado em 23/02/2024 11h32

Sindicato vai processar advogado de ‘Fábio Pipa’ após ele dizer que delegada ‘precisa estudar mais’

Durante entrevista concedida à imprensa, o advogado Paulo Kleber Filho afirmou, ainda, que a prisão de seu cliente foi 'ilegal'

Sindicato vai processar advogado de 'Fábio Pipa' após ele dizer que delegada 'precisa estudar mais' Foto: Instagram@adpeb_sindicato e TV Aratu
Lucas Pereira

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB) emitiu nota de repúdio contra o advogado Paulo Kleber Filho, que representa o empresário Fábio Lacerda, o “Fábio Pipa”, acusado de ameaças e maus-tratos contra os pais, idosos. Em coletiva, Paulo Kleber Filho afirmou que a delegada Mariana Ouais, titular da 14ª Delegacia Territorial, responsável pelas investigações, deveria “estudar mais”.

O advogado disse, ainda, que iria “processar” Ouais e que a condução da Polícia Civil foi “ilegal”. O ADPEB considerou as falas “desrespeitosas” e afirmou que está adotando as medidas cabíveis “para que fatos como esses não se repitam”.

Através do Instagram, o presidente do Sindicato, Jorge Figueiredo, publicou um vídeo falando sobre a situação, defendendo a delegada Mariana Ouais, a quem chamou de “profissional íntegra, que atua com muita responsabilidade sobre os pilares éticos e morais”.

Confira a nota completa:

Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia – ADPEB/Sindicato vem publicamente apresentar NOTA DE REPÚDIO à desrespeitosa declaração prestada pelo Advogado Paulo Kleber Carneiro Carvalho Filho, em entrevista concedida a imprensa local, na qual desqualificou e ofendeu moralmente Dra. Mariana Ouais, Delegada Titular da 14ª Delegacia de Polícia, situada no bairro da Barra.

A referida autoridade no exercício de suas funções e dentro da legalidade exigida efetuou prisão de empresário defendido pelo causídico, que de forma irresponsável proferiu palavras ofensivas à reputação e idoneidade de uma exemplar profissional da segurança pública deste estado, detentora de uma brilhante carreira e ilibada vida funcional.

Acreditamos tratar-se de um fato isolado que não reflete a imagem e atuação dos profissionais que compõem a Ordem dos Advogados da Bahia. Contudo, asseveramos que as providências de responsabilização de natureza cível e criminal já estão sendo adotadas, para que fatos como esses não se repitam.

A ADPEB/Sindicato sempre prezou pela convivência pacífica e harmônica entre as instituições responsáveis pela garantia dos direitos constitucionais de todos os cidadãos e que compõem o sistema de justiça penal em nosso estado, todavia, o exercício das atribuições de todos os seus integrantes pressupõe respeito mútuo e observância à lei. O exercício pleno da advocacia é um dos pilares da democracia, mas essa conquista civilizatória não pode ser confundida com arbítrio.

Mais uma vez lamentamos esse infeliz episódio e reafirmamos nosso compromisso em trabalhar em defesa dos direitos e garantias dos delegados da Bahia.

O CASO

Acusado de maus-tratos, agressões verbais e ameaças contra os pais idosos, “Fábio Pipa” foi preso em flagrante na 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra), na última terça-feira (20/2). Ele infringiu medidas protetivas em favor das vítimas, quando uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e o conduziu.

Ele passou por audiência de custódia na quinta-feira e foi liberado, sob monitoramento por tornozeleira eletrônica. Além de maus-tratos e ameaça, o homem irá responder pelo descumprimento de medida protetiva. Depois de passar por exames de lesões corporais, o acusado ficará à disposição da Justiça.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!