AO VIVO Últimas Notícias
10/01/2022 12h48 | Atualizado em 10/01/2022 13h09

Vídeo: Apesar do crescimento de casos de Covid-19, Salvador não deve endurecer medidas de isolamento, aponta Bruno Reis

“Acredito que três doses de vacina em cinco meses está cumprindo seu papel e não precisaremos recuar em medidas de isolamento social”, disse

Vídeo: Apesar do crescimento de casos de Covid-19, Salvador não deve endurecer medidas de isolamento, aponta Bruno Reis Foto: Cidade Aratu
Matheus Caldas

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), alertou nesta segunda=feira (10/1) para o aumento do número de casos de Covid-19 na cidade, mas ponderou que, mesmo diante do cenário, não é momento de adotar novas medidas de isolamento social – e ele atribui isto ao contingente de vacinados na capital.

“O que sempre norteou a gente, principalmente foi o risco do colapso no sistema de saúde. Nós amanhecemos com seis pacientes aguardando leitos de UTI adultos e dois pediátricos, e o número maior de leitos de enfermaria. Isso aponta que está aumentando o número de casos, e é um fato, porém, menos graves. A demanda é maior por leitos de enfermaria que de UTI”, explicou, em entrevista à TV Aratu.

“Acredito que três doses de vacina em cinco meses está cumprindo seu papel e não precisaremos recuar em medidas de isolamento social”, acrescentou.

O chefe do Palácio Thomé de Souza, contudo, afirmou que, em caso de iminência de colapso no sistema municipal de saúde, ele reavaliará a adoção de novas medidas restritivas, como aconteceu no ano passado. 

“Se houver isco de um colapso, eu não hesito em tomar qualquer medida. Em fevereiro do ano passado, com a variante P1, adotamos medidas de isolamento mais duras. Temos outras possibilidades antes disso? Temos. Hoje mesmo ampliei o número de leitos no Hospital Sagrada Família”, pontuou.

“Há possibilidade de reabrir leitos no hospital Salvador. Tanto Governo e Prefeitura, ainda temos alternativas para não agravar o quadro de crise social”, concluiu.

Em coletiva realizada nesta manhã, Bruno Reis alertou sobre o alto número de pacientes vindos do interior do estado. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 78% dos internados em leitos de tratamento para a Covid-19 na capital são de outras cidades da Bahia.

O titular da SMS, Leo Prates, pediu para que gestores do interior estruturem o hospital a fim de evitar o colapso no sistema de saúde soteropolitano. 

LEIA MAIS: Bruno Reis envia à Câmara PL do Plano Municipal de Saúde Mental; Prates fala em preparação para “pandemia pós-pandemia”

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Lorena Dias e Matheus Caldas