AO VIVO Últimas Notícias
20/12/2021 12h00 | Atualizado em 20/12/2021 12h07

Surto de gripe na Bahia acende o alerta para a importância de se praticar exercícios

A prática de atividades físicas, além de evitar reações mais graves, aumenta a resposta imunológica após tomar a vacina.

Surto de gripe na Bahia acende o alerta para a importância de se praticar exercícios Foto: Aratu On
Da Redação

Com o novo surto de gripe na Bahia, associado à baixa adesão à vacinação dos baianos e conforme boletim da Secretaria do Estado, só neste ano, já foram registrados 77 casos de influenza, sendo 74 entre o final de novembro e o início de dezembro.

Mas, para contrapor os efeitos ou reações mais graves, um estudo em Singapura com um grupo de idosas mostrou que os exercícios podem, inclusive, melhorar o efeito dos imunizantes. É o que acontece, por exemplo, no caso da gripe. 

Por isso, se manter ativo, não só evita quadros graves da gripe, como aumenta a resposta imunológica após tomar a vacina. O Médico da Dor da Clínica Sem Dor e professor de educação física, Cloud Sá, explica que o cenário de proximidade do verão se torna ainda mais favorável para a prática de exercícios, embora as medidas de segurança para evitar a contaminação por vírus como coronavírus e Influenza devam permanecer. 

"O exercício físico é para todos, além disso, qualquer estímulo que favoreça o aumento dos níveis de atividade física e o engajamento nos programas de exercícios é sempre muito bem-vindo. Mais e mais pessoas deveriam se tornar ativas para se usufruir de amplos benefícios à saúde e à vida", ressalta o Cloud Sá.

Entretanto, para os iniciantes, o acompanhamento de um profissional é importante para evitar os riscos de lesões. Mas, ainda de acordo com o especialista, esse fato está longe de se tornar uma barreira à prática de exercícios, afinal o sedentarismo é que é um grave problema. 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação