AO VIVO Últimas Notícias
10/12/2021 15h33 | Atualizado em 10/12/2021 15h43

Governo Federal adia regras sanitárias para viajantes após ataque hacker aos aplicativos do Ministério da Saúde

O Governo Federal havia anunciado que a exigência de comprovação da vacina contra Covid-19 para viajantes do exterior, passaria a valer a partir deste sábado, mas foi adiada em uma semana.

Governo Federal adia regras sanitárias para viajantes após ataque hacker aos aplicativos do Ministério da Saúde Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília
Da Redação

O Governo Federal decidiu, nesta sexta-feira (10/12), adiar em uma semana a exigência de comprovação da vacina contra a Covid-19 para viajantes que chegarem ao país por via aérea. O motivo foi um ataque hacker aos sites do Ministério de Saúde e ao app 'Conecte Sus', aplicativo responsável pela emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19.

A página do Ministério já voltou a funcionar, mas ainda não é possível acessar os dados sobre a vacina contra Covid-19, fornecidos pelo Conecte SUS. As informações são da Agência Brasil.

O 'e-Sus Notifica' também foi alvo do ataque cibernético,  que recebe notificações dos estados e municípios sobre a síndrome gripal suspeita e confirmada de Covid-19. O Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), também foi afetado.

LEIA MAIS: Não vacinados que chegarem ao Brasil terão que cumprir quarentena; norma começa a valer a partir deste sábado

"O time do DataSUS está avaliando o restabelecimento da base de dados, mas a gente ainda não tem um prazo. Por precaução, vamos publicar uma portaria hoje postergando por sete dias o início da vigência das regras que iniciariam amanhã", disse o secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz.

O secretário afirmou o objetivo é evitar que os brasileiros que já estão no exterior se prejudiquem por não estarem conseguindo baixar documentos  que comprovem a vacinação contra o coronavírus. Rodrigo disse que o Ministério da Saúde e o serviço de armazenamento de dados tem backups, ou seja, cópias de segurança.

LEIA MAIS: Quem não fizer acompanhamento de saúde poderá perder o Auxílio Brasil; veja onde realizar em Salvador

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação