Em tempos de coronavírus, todo cuidado é pouco na hora de se previnir. Lavar bem as mãos com água e sabão, usar alcoól em gel e evitar multidões têm sido algumas das recomendações. Uma pesquisa na Alemanha afirma que, além dessas, o ato sexual e a masturbação ajudam na prevenção.

O Mural Baiano - quadro temático de sexo do programa Ronda, da TV Aratu, em parceria com o Aratu On - conversou com a sexóloga e psicologa Morgana Carregosa para saber se, de fato, o contato íntimo ajuda como forma de prevenção ao Covid-19. 

Morgana afirma que o ato sexual e a masturbação melhoram o sistema imunológico. "Libera tanto hormônios, como neurotransmissores que favorecem o fortalecimento da imunidade", informou. "Se estamos com uma vida sexual saudável e  nos estimiulando, significa dizer que estamos mais fortalecidos contra doenças, como o coronavírus", acrescentou.

A sexóloga disse, ainda, que é recomendável neste processo de isolamento social, essa prática. "Apesar dessa preocupação, que é justa e natural, de toda prevenção que temos ter, também é bacana aproximar o contato com o parceiro ou, se estiver sozinho, consigo mesmo", disse. 

ASSISTA

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.