AO VIVO Últimas Notícias
20/05/2022 10h44 | Atualizado em 20/05/2022 10h47

Líder do BDM solto em fevereiro, Lucas “Mata Rindo” aparece com arma de guerra e intimida rivais; “sou eu mesmo, o original”

Tudo teria acontecido durante uma madrugada em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.

Líder do BDM solto em fevereiro, Lucas Foto: redes sociais
Da Redação

Um vídeo supostamente gravado pelo traficante Lucas Santos de Almeida, conhecido como “Lucas Mata Rindo”, foi disseminado pelo WhatsApp na tentativa de intimidar rivais. Tudo teria acontecido durante uma madrugada em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, na localidade conhecida como "Casinhas" da Cetrel. 

Nas imagens, pelo menos três fuzis – um deles 556 – são mostrados, em tom de ameaça. Não é possível cravar a data exata em que o tudo foi gravado. "'Tá' 3, são as 'Casinhas' na Cetrel. Tem papo não. É o Bonde do Maluco. Se 'botar' a cara vai ficar fudi**. Valeu, 'Lacoste', valeu 'Coroa Amarelo'. 'Tamos juntos', eu mesmo, 'Mata Rindo', o original", narra. 

SOLTURA 

Lucas Santos de Almeida, que é uma das lideranças do Bonde do Maluco do bairro de Cosme de Farias, na capital, estava preso no Complexo da Mata Escura e liberado pela Justiça baiana em fevereiro. 

FOTO NOTICIA 1A revogação da prisão preventiva foi assinada pela juíza Andrea Teixeira Lima Sarmento Netto. A magistrada viu "ausência dos requisitos subjetivos legais previstos no art. 312, do CPP bem como o encerramento da instrução processual". O artigo trata justamente da prisão preventiva. Entre outros pontos, afirma que a  medida "poderá ser decretada como garantia da ordem pública". 

Nesse caso específico, Lucas "Mata Rindo" responde por um homicídio qualificado e uma tentativa de homicídio no ano de 2016. Na época, a então titular da Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), Mariana Ouais, informou que "Mata Rindo" executou dois homens, Luís Davi Santos Sacramento, e Cléber Lima Barbosa. A motivação: rivalidade do tráfico de drogas.

Com prisão em aberto pelo duplo homicídio, Lucas Almeida foi preso em 2016 no Rio de Janeiro. O líder do BDM em Cosme de Farias, porém, não ficou muito tempo detido. Em abril de 2017, após uma rebelião no Complexo Penitenciário da Mata Escura, ele fugiu com outros 24 criminosos – a maioria lideranças de facções, considerados perigosos -. 

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos! 

Fonte: Da redação