AO VIVO Últimas Notícias
19/06/2023 13h55 | Atualizado em 19/06/2023 14h04

Lei Seca completa 15 anos de atuação em Salvador com redução no número de acidentes fatais

Além disso, a quantidade de acidentes diminuiu em 57%, passando de 6.827, em 2012, para 2.946 em 2022

Lei Seca completa 15 anos de atuação em Salvador com redução no número de acidentes fatais Foto: Divulgação/Transalvador
Lorena Sousa

A Lei Seca, criada com o objetivo de reduzir o uso de bebida alcoólica na direção, completou 15 anos no Brasil. E, segundo dados da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), cada vez mais essa lei vem sendo respeitada na capital baiana. De acordo com a entidade, nos últimos cinco anos, mais de 90% dos testes no etilômetro realizados pelos agentes de trânsito estão vindo com resultado negativo.

De 2008, quando a lei passou a ter vigência, até 2022, a Transalvador realizou mais de meio milhão de abordagens para aferir o uso de bebida alcoólica na direção. Em 2013, quando a Transalvador começou a realizar blitz diariamente, o índice de autuados era de 11%. Em 2022, esse número caiu para 9%.

Ainda segundo a Transalvador, as fatalidades também reduziram nesse período, com queda de 56%: nos últimos dez anos, o número de vítimas fatais em decorrência de acidentes de trânsito na capital baiana saiu de 247 em 2012 para 109 em 2022, menor índice do período. Além disso, a quantidade de acidentes diminuiu em 57%, passando de 6.827, em 2012, para 2.946 em 2022.

Em 2023, a Transalvador já realizou quase 23,3 mil abordagens nas blitz de alcoolemia. Durante esse período, 2.269 mil condutores precisaram ser autuados por infringirem dispositivos da Lei Seca, sendo a maior por se recusarem a fazer o teste do etilômetro.

Perigos

Conforme os dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), entre 35% a 50% dos acidentes no mundo envolvem a presença de condutores alcoolizados. Em Salvador, de acordo com um estudo realizado pela Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária, entidade parceira da autarquia municipal, a gravidade dos acidentes de trânsito aumenta quatro vezes durante a noite e a madrugada, período quando, costumeiramente, as pessoas ingerem mais bebidas alcoólicas.

LEIA MAIS: Álcool no trânsito mata 1,2 brasileiro por hora, revela pesquisa; homens são maioria das vítimas

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!