AO VIVO Últimas Notícias
09/12/2022 13h20 | Atualizado em 09/12/2022 13h32

“Ele estava com meu celular na mão”, diz avó que acusa polícia por morte de jovem em Mussurunga

Dona Lúcia, 64 anos, chorava muito ao mostrar entre as mãos as cápsulas de munições que ficaram no chão após o ocorrido.

Foto: Reprodução / TV Aratu
Da Redação

Os moradores da rua Rizuti, no bairro Mussurunga I, em Salvador, estão indignados. Eles afirmam que, na manhã de quinta-feira (8/12), uma viatura da Polícia Militar teria chegado atirando na região. Na ação, um jovem de 17 anos, que não teria envolvimento com o tráfico, morreu. 

Dona Lúcia, 64 anos, avó paterna da vítima, chorava muito ao mostrar entre as mãos as cápsulas de munições que ficaram no chão após o ocorrido. Em entrevista para a TV Aratu, ela afirmou que, ao ver os policiais, Kauan Reis das Silva teria tentado correr em direção a casa dela. "Ele estava com o meu celular na mão. Foi a única coisa que ele estava na mão", afirmou Dona Lúcia, que cuidava do neto desde que ele era criança. De acordo com familiares, o rapaz teria sido levado para o Hospital Geral Menandro de Farias, em Lauro de Freias, mas chegado no local já sem vida.  

Em nota, a Polícia Militar disse que a 49ª CIPM foi acionada para atender um chamado do SAMU, que necessitava de apoio. Ao chegar na rua os policiais ouviram relatos de que um indivíduo estava em posse de arma de fogo dentro da residência e não deixava a equipe de saúde entrar. Houve uma troca de tiros e depois disso eles teriam encontrado um suspeito no chão. Com o rapaz, estavam uma pistola 380 e uma pochete contendo 103 pinos de cocaína, 260 porções maconha e 253 porções de crack. A versão é questionada por familiares e vizinhos da vítima.

LEIA MAIS: Mulheres são flagradas roubando quase R$ 6 mil em carnes nobres; veja vídeo

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!

Fonte: Lara Linhares para o AratuOn