AO VIVO Últimas Notícias
26/07/2022 15h29 | Atualizado em 31/01/2023 11h16

Empresa de “pules” é acusada de dar golpe em diversos baianos; uma vítima chegou a perder R$ 40 mil

No dia seguinte ao investimento, tanto o site quanto o aplicativo da plataforma "Sport Investimentos" desapareceram.

Empresa de Foto: Tv Aratu
Da Redação

Mais de 100 pessoas teriam sido vítimas de um golpe através de uma plataforma de apostas esportivas – tradicionalmente conhecidas como "pules" -. Elas dizem que conheceram a empresa por meio de um influenciador digital, que fazia divulgação da empresa.

Em entrevista ao vivo no programa Cidade Aratu, um rapaz, que prefere não ser identificado, contou que teria investido R$ 2 mil após uma propaganda de um influenciador digital que ele seguia há quase dez anos. "Eu só fiz o investimento porque ele garantiu que era seguro", desabafou.

No dia seguinte ao investimento, tanto o site quanto o aplicativo da plataforma "Sport Investimentos" desapareceram. Em seguida, os dois homens que se diziam representantes da empresa e conversavam com os investidores através do WhatsApp saíram do grupo e as vítimas começaram a desconfiar.

Foi então que as vítimas se reuniram em um outro grupo de WhatsApp com mais de 100 integrantes. Todos eles têm em comum o golpe e a perda do dinheiro investido. Entre eles estão pessoas que investiram até R$ 40 mil na plataforma. "Um dos colegas enviou um áudio chorando dizendo que a vida tinha acabado", relatou a vítima, ao vivo.

Além da preocupação com relação aos valores investidos, as vítimas também questionam a postura de dois influenciadores baianos que anunciaram a plataforma como se fosse segura. "Agora a gente quer que eles coloquem a cara na tela assim como fizeram antes", afirmou, questionando a falta de apoio dos influenciadores. 

Em nota divulgada em rede social, o influenciador Leozito Rocha afirmou não ter relação com a empresa e que, no processo de triagem, antes de ser contratado, a empresa havia apresentado todos os dados solicitados.

LEIA MAIS: Mudança do Carnaval para a Boca do Rio: em reunião com o Comcar, Isaac Edington diz que há preconceito contra o bairro; "tachado pela violência"

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!

Fonte: Lorena Dias para o Aratu On