AO VIVO Últimas Notícias
09/04/2022 15h12 | Atualizado em 09/04/2022 15h54

Maurício Meirelles sofre assalto a mão armada e filho de 4 anos presencia tudo

O ator e humorista pontuou que tudo podia ter acabado em uma tragédia.

Maurício Meirelles sofre assalto a mão armada e filho de 4 anos presencia tudo Foto: reprodução
Da Redação

O ator e humorista Maurício Meirelles, que já participou da banda de Renatinho, junto com a Tatá Werneck e Murilo Couto, foi vítima de um assalto a mão armada nesta sexta-feira (8/4), em São Paulo. Na ocasião, ele estava com sua esposa e filho de 4 anos parados dentro do carro, em um engarrafamento, quando o assaltante realizou a abordagem batendo com a arma no vidro do carro. 

"Eu e minha família estávamos no carro, um puta trânsito, sexta-feira a noite, o carro não vai para frente, não vai para trás, nem pro lado. Teu carro fica parado, e ai qualquer pessoa que quiser vem ao lado, bate na porra do seu vidro, mostra a arma e você está extremamente pelado, praticamente. Fiquem muito atentos quando vocês 'tiverem' no trânsito", pontuou o humorista. 

Ele disse que apesar de tudo, todos estavam bem e que a situação não causou nenhum prejuízo psicológico ao filho. "Acabamos de recuperar tudo da nossa vida digital. Tá tudo bem. Ontem fomos assaltados a mão armada. Colocaram uma arma na minha cabeça. O Gabriel absorveu tudo, mas a vantagem é que ele já jogou GTA (jogo que contém armas), então pra ele foi bem tranquilo. Conversei com ele, piadas a parte. Ele não entendeu… Poderia ter sido uma tragédia", disse. 

Maurício falou também sobre os pertences pessoais que o bandido roubou dele. "De certa forma foi (uma tragédia), porque roubaram meu celular, então roubaram a minha vida. Roubaram meu celular, nossas alianças, inclusive, eu 'tô' solteiro e a Emily também", brincou. "Roubaram minha corrente de ouro e eu 'tô' incomunicável, usando o celular da Emily. Cuidado, não manda peito", disse ele, fazendo piada com a própria tragédia. 

O contou como fez para que o filho lembrasse de forma menos traumática do episódio. "Primeiro problema é pensar no filho. E eu fui muito ágil, fui muito educado com o cara, porque não dá pra gritar nessa hora. Não reagi, porque o cara estava muito louco. Entregamos tudo o que ele pediu", afirmou. 

"E assim que aconteceu a situação, a primeira coisa que eu fiz foi levar o Gabriel para tomar um sorvete, porque acho que sorvete tira qualquer trauma. Hoje, quando ele acordou, a primeira coisa que perguntei foi: 'e ai, Gabriel, o que você lembra de ontem?' E ele falou: 'do sorvete.' Pronto, acabou", concluiu. 

No fim, ele agradeu a todoas as mensagens de carinho que vem recebendo. “Muito obrigado a todos. A internet faz você achar que é odiado e você começa a se acostumar com essa situação. Mas depois você fala: 'não, cara, uma galera gosta de mim, protege minha família, está do meu lado, torce…", completou ele. 

Apesar do susto, Maurício Meirelles manteve sua agenda de shows normalmente, sem qualquer alteração. 

 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

 

Fonte: Da redação