O presidente Jair Bolsonaro resolveu se manifestar sobre a campanha do governo que incentiva a abstinência sexual como prevenção de gravidez precoce e infecções sexualmente transmissíveis. Ao sair da Palácio da Alvorada, Bolsonaro deu uma declaração um tanto quanto polêmica. Ele afirmou  que "uma pessoa que vive com HIV é uma despesa para todos do Brasil".

“Uma pessoa com HIV, além de ser 1 problema sério para ela, é uma despesa para todos aqui no Brasil”, disse o presidente, que relatou como exemplo o caso de uma jovem que supostamente teve o 2º filho aos 15 anos e que contraiu HIV na 3ª gravidez.

E Bolsonaro voltou a utilizar o Partido dos Trabalhadores como justificativa para suas ações. Segundo o capitão, o programa foi criado, pois “essa liberdade que pegaram ao longo do PT que vale tudo chega a esse ponto, uma depravação total”. O programa que Bolsonaro comentou é idealizado pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, junto com o Ministério da Saúde.

LEIA MAISBahia dá vexame e é eliminado da Copa do Brasil; Tricolor volta às atenções para Copa do Nordeste

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.