Considerado um dos principais treinadores da esgrima brasileira, o russo Gennady Miakotnykh morreu nesta quarta-feira (25/3) em São Paulo, aos 79 anos. Técnico da equipe do Pinheiros há cerca de 20 anos, ele estava com suspeita do novo coronavírus e passou mal esta manhã, em casa. Ele havia viajado por Itália, França e Estados Unidos nas últimas semanas.

Gennady retornou ao Brasil há cerca de 10 dias, depois que a etapa de Copa do Mundo que aconteceria em Los Angeles foi cancelada por conta da pandemia de coronavírus. Na terça-feira (24/3), ele chegou a ligar para o plano de saúde para relatar que estava com os sintomas do coronavírus, de acordo com uma fonte próxima, mas recebeu a recomendação de que ficasse em casa.

Na manhã de ontem (25/3), segundo um de seus atletas, o quadro de saúde dele piorou e uma ambulância foi solicitada. Gennady foi levado ao Hospital São Luiz, mas não teria resistido, tendo falecido no caminho. 

O Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo pediu dois dias para determinar a causa da morte, mas tudo indica, segundo pessoas próximas, que ele foi vítima do Covid-19. O treinador já havia tido problemas cardíacos no passado.

LEIA MAIS: Governo começa a distribuir cloroquina aos estados; droga será usada em casos graves do coronavírus

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.