Um segundosuspeito de envolvimento na morte do soldado PM Macedo, no dia 11 de junho deste ano, morreu em confronto com a polícia, nesta sexta-feira (10/7), no bairro de Itapuã, em Salvador.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), guarnições da 50ª foram acionadas - após denúncia anônima - para irem ao provável esconderijo do criminoso, chamado de "Tonta", de 21 anos.

No local, ainda de acordo com a PM, o suspeito resistiu à prisão e houve confronto. Ele foi atingido e chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu.

Com "Tonta" foram encontrados um revólver calibre 38, 133 pinos pequenos de cocaína, 19 pinos grandes e um aparelho celular. A ocorrência foi registrada na Corregedoria da Polícia Militar.

MORTE DO MILITAR

O soldado PM Macedo morreu durante confronto com traficantes, no dia 11 de junho, no bairro Jardim Nova Esperança, em Salvador. O autor dos disparos contra o militar foi morto em outro confronto com policiais, no dia 22 de junho, durante operação conjunta das polícias Militar e Civil.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA), após levantamento da Força Tarefa que investiga morte de policiais, o autor foi localizado no bairro da Saúde, na capital baiana. Durante tentativa de prisão ele reagiu atirando contra as equipes, e terminou atingido. O criminoso foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

Ainda de acordo com a SSP-BA, com o homicida, que possuía passagens na polícia por tráfico, roubos e porte ilegal de arma de fogo, foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 100 pedras de crack, 89 trouxas de maconha, 30 pinos de cocaína, três celulares e 116 reais em espécie. 

Participaram da ação integrada equipes do CPRs-Central e BTS, DHPP, Rondesp Central, Draco, COOPM, CPE, 50ª CIPM e18° BPM.

LEIA MAIS: Homem que matou soldado da PM em Jardim Nova Esperança morre durante operação policial

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003