AO VIVO Últimas Notícias
22/12/2021 17h18 | Atualizado em 22/12/2021 17h39

Chega a 16 número de mortos por conta das chuvas fortes no Sul da Bahia; moradores começam a receber auxílio

Segundo a Sudec, 3.336 pessoas ficaram desabrigadas e precisaram de apoio das prefeituras e 11.217 ficaram desalojadas, o que significa dizer que também tiveram que abandonar seus imóveis, mas não necessitaram de abrigo.

Chega a 16 número de mortos por conta das chuvas fortes no Sul da Bahia; moradores começam a receber auxílio Foto: Manu Dias/GOVBA
Da Redação

Nesta quarta-feira (22/12), subiu para 16 o número de mortos em decorrência das fortes chuvas que atingiram as regiões Sul e Extremo Sul da Bahia. Os dados foram divulgados pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec). As mortes foram registradas nas cidades de Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Macarani (1), Prado (1), Amargosa (2), Jucuruçu (3) e Ilhéus (1). Três pessoas ainda estão desaparecidas.

Até a última sexta-feira (17/12), havia registro de 14 óbitos. As duas novas vítimas fatais morreram nos municípios de Itamaraju e Ilhéus, contudo, não foi informada a data dos falecimentos. Além do aumento do número de mortos, também houve alta na quantidade de feridos, que passou de 276 para 278.

No total, 378.977 pessoas foram afetadas pela chuva de alguma forma. Entre as cidades mais afetadas estão Itamaraju, Jucuruçu, Prado, Itanhém e Medeiros Neto.

AUXÍLIO

Até o momento, 66 municípios decretaram situação de emergência por causa da chuva, desde o início de novembro. Segundo a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), 3.336 pessoas ficaram desabrigadas e precisaram de apoio das prefeituras e 11.217 ficaram desalojadas, o que significa dizer que também tiveram que abandonar seus imóveis, mas não necessitaram de abrigo.

O cadastramento de famílias em situação de vulnerabilidade que residem nos municípios atingidos pelas fortes chuvas no Extremo Sul, que está na fase inicial, já tem 385 famílias de quatro bairros do município de Itamaraju inscritas. O próximo município a receber as equipes será Jucuruçu.

A iniciativa obedece à Lei nº 14.390, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e sancionada pelo governador Rui Costa, em 14 de dezembro de 2021. A Sudec tem a prerrogativa de emissão de documento comprovando que os eletrodomésticos acima citados foram destruídos e levados pelas enchentes. Além disso, as famílias que querem receber os fogões e geladeiras precisam estar escritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

LEIA MAIS: Moradores que tiveram casas destruídas pela chuva já podem se inscrever para ganhar auxílio do governo do Estado

LEIA MAIS: ALBA aprova ajuda emergencial às vítimas das chuvas no Extremo Sul do estado

LEIA MAIS: Chuvas no sul da Bahia: projeto de lei quer criar de linha de crédito a comerciantes e instalação de gabinete de crise

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação