AO VIVO Últimas Notícias
05/02/2024 10h29 | Atualizado em 05/02/2024 16h37

Polícia instaura inquérito para apurar ataque racista a mulher judia em Arraial d’Ajuda

Ela foi agredida dentro de sua loja por uma mulher que entrou no estabelecimento e destruiu suas mercadorias

Polícia instaura inquérito para apurar ataque racista a mulher judia em Arraial d'Ajuda Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Dinaldo Santos

Uma comerciante judia, identificada como Herta Breslauer, foi vítima de ataque racista, na última sexta-feira (2/2), em Arraial D’Ajuda, no Sul da Bahia.

Segundo Breslauer, ela foi agredida dentro de sua loja por uma mulher que entrou no estabelecimento e destruiu suas mercadorias.

A ação foi registrada em um vídeo, no qual é possível ver uma mulher xingando a dona da loja e sendo contida por um homem. Também é possível ver objetos da loja pelo chão.

De acordo com a Polícia Civil, um inquérito foi instaurado na Delegacia Territorial de Arraial D’Ájuda para apurar os crimes de racismo, ameaça, dano e lesão corporal após uma mulher judia, proprietária de um estabelecimento comercial, ser agredida por outra mulher que desferiu ofensas por conta da religião da vítima. Guias periciais foram expedidas, a autora já foi identificada e ouvida na delegacia.

Neste domingo (4/2), o vice-presidente da república, Geraldo Alckmin (PSB), se posicionou contrário ao ataque antissemita.Nas redes sociais, por meio de post, ele condeou, com veemência, o episódio. “Este tipo de comportamento é absolutamente inaceitável, especialmente em um país como o Brasil”, afirmou.

LEIA MAIS: Atingido por disparo de arma de fogo, PM morre em Madre de Deus; tiro pode ter sido acidental

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!