AO VIVO Últimas Notícias
09/09/2022 13h18 | Atualizado em 09/09/2022 13h24

Por irregularidades, Reda para mais de 300 cargos é suspenso pela Justiça em Candeias

Publicado no dia 16 de agosto, o edital previa o preenchimento de vagas para diversas funções em caráter temporário, atendendo demandas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social.

Por irregularidades, Reda para mais de 300 cargos é suspenso pela Justiça em Candeias Foto: ilustrativa
Da Redação

O processo seletivo simplificado para contratação de 335 profissionais em cargos temporários pelo Município de Candeias, Região Metropolitana de Salvador, foi suspenso pela Justiça. A decisão, tomada no último dia 6, atendeu a um pedido formulado em ação civil ajuizada pelo Ministério Público, por meio da promotora de Justiça Bruna Fittipaldi.

Conforme a determinação, o edital 001 de 2022 deve ser suspenso em caráter de urgência. Publicado no dia 16 de agosto, o edital previa o preenchimento de vagas para diversas funções em caráter temporário, atendendo demandas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, por Regime de Direito Administrativo (Reda). 

Segundo o MP, a promotora de Justiça levou em consideração que a lei municipal que trata das contratações temporárias possui “irregularidades constitucionais”, abarcando situações que estão no campo de prestações de serviços permanentes, “não caracterizando a necessidade temporária e a excepcionalidade obrigatórias pela Constituição Federal e estando em desacordo com o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF)".

Bruna Fittipaldi salientou ainda que o Ministério Público firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município, no qual este se comprometeu, dentre outras coisas, a não mais realizar processos seletivos simplificados para preenchimento de cargos com funções de natureza permanente.

LEIA MAIS: Com vacinação avançada no sistema prisional, detentos voltam a receber visitas na Bahia

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!

Fonte: Da redação