AO VIVO Últimas Notícias
04/08/2021 13h46 | Atualizado em 04/08/2021 13h54

“Meu único objetivo nisso é manter minha dignidade”, diz chef xingada pelo ex-secretário Vilas-Boas

No texto, ela comenta que tem sido "impossível" atender a demanda dos últimos dias, e que, na impossibilidade de atender a todo, preferiu priorizar sua saúde mental.

Foto: Instagram/@anjapreta
Da Redação

A chef Angeluci Figueiredo, que protagonizou a situação que culminou na exoneração do ex-secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, usou seu perfil no Instagram para se pronunciar. Na última segunda-feira (2/8), uma conversa do WhatsApp entre a chef e o então secretário foi divulgada nas redes sociais, e mostra Vilas-Boas xingando a profissional de "vababunda", após ter sua reserva, no restaurante onde ela atua, cancelada.

"A todas as pessoas, a todos os meus clientes, a todos os meus amigos, a todos os conhecidos e desconhecidos que se manifestaram em apoio a mim nos últimos dias, por telefonemas, por mensagens ou pelas redes sociais, o meu mais sincero agradecimento", escreveu Angeluci. No texto, ela comentou que tem sido "impossível" atender a demanda dos últimos dias e que, na impossibilidade de atender a todo, preferiu priorizar sua saúde mental.

"Meu único objetivo nisso tudo tem sido manter minha dignidade, rejeitar publicamente as ofensas gratuitas a mim e à minha carreira e manter a minha sanidade. Quanto a terceiros, eu não posso ser responsabilizada ou responder pelas atitudes de ninguém, muito menos pelas consequências políticas delas advindas", continuou.

Em outro trecho, a empresária sustentou que não quer ser "mártir" nem "símbolo" de nada, e que sente muito pela "proporção" que as coisas tomaram. 

"Esse episódio não fez bem para ninguém envolvido. No entanto, considero que tudo isso é, no mínimo, didático, para todos os homens, para todas as mulheres. Respeitem as pessoas, domem seus voluntarismos, suas arrogâncias. Às mulheres, uma consciência fica: nenhuma delas deve tolerar ofensa, desrespeito, misoginia ou preconceito". 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Angeluci Figueiredo Preta (@anjapreta)

Angeluci já havia falado sobre o assunto, após o ocorrido, explicando que o cancelamento da reserva feita pelo ex-secretário se deu por condições climáticas, e que todo o estabelecimento foi fechado na ocasião agendada por ele. Vilas-Boas também se pronunciou, pedindo desculpas à mulher. 

"Por mais cuidadosos que sejamos, ao longo da vida cometemos erros que podem atingir as pessoas. Peço, portanto, desculpas à empresária e artista da gastronomia baiana, a Chef Angeluci Figueiredo, pelos comentários inadequados no último domingo (1), em circunstâncias injustificáveis, enviados por mensagem privada", escreveu ele, em seu perfil no Twitter. Nesta última terça (3/8), Vilas-Boas pediu exoneração do cargo de secretário.

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação