AO VIVO Últimas Notícias
22/04/2015 19h26 | Atualizado em 22/04/2015 19h33

Trabalhadores da construção pesada devem encerrar paralisação

Trabalhadores da construção pesada devem encerrar paralisação

Da Redação

Um acordo firmado na tarde desta quarta-feira (22) no TRT da Bahia deve pôr fim à greve de cerca de cinco mil trabalhadores da indústria da construção pesada nos canteiros de obras do Metrô e da Avenida 29 de Março, ambos em Salvador. Após duas horas de negociações, patrões e empregados concordaram com a proposta conjunta apresentada pelo presidente do Tribunal, desembargador Valtércio de Oliveira, e pelo representante do Ministério Público do Trabalho, procurador regional Antônio Messias Bulcão, que definiu percentual de reajuste, valor da cesta básica e forma de compensação dos dias parados.

Pela proposta, os trabalhadores que recebem até o limite de R$ 7.100,00 terão reajuste de 7,68% a partir de 1º de março, data base da categoria, cujo retroativo será pago preferencialmente na folha de pagamento do mês de maio. Já a cesta básica será reajustada em R$ 20,00 sobre o valor atualmente praticado por cada empresa. Quanto à compensação dos dias parados – o principal impasse nas negociações – ficou decido que ela ocorrerá de segunda à sexta-feira, com o acréscimo de uma hora a mais sobre a jornada. A decisão quanto à compensação dos dias parados, se poderá ocorrer aos sábados, ficará a critério de cada empresa envolvida.

Uma assembleia com os trabalhadores para a ratificação do acordo ocorrerá às 7 horas desta quinta-feira (23), mas segundo o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem do Estado da Bahia (Sintepav), Irailson Warneaux, eles já foram orientados a comparecerem fardados para o retorno imediato ao trabalho, caso queiram.

Fonte: Da redação