AO VIVO Últimas Notícias
07/04/2024 17h40 | Atualizado em 08/04/2024 19h16

Inscrições para oficinas gratuitas no Subúrbio de Salvador acabam nesta segunda-feira (8)

Durante os meses de abril e maio ocorrerão oficinas de gastronomia, teatro, audiovisual, fotografia, música e artes visuais

Inscrições para oficinas gratuitas no Subúrbio de Salvador acabam nesta segunda-feira (8) Foto: Divulgação/Assessoria
Da Redação

As inscrições para oficinas gratuitas do projeto “Tempo Cultural – Vivências em Arte e Cultura” se encerram nesta segunda-feira (8/4). As oficinas serão técnicas e criativas em “Arte e Cultura”, realizadas entre abril e maio, em escolas estaduais, associações e instituições da região.

Os interessados podem se inscrever em oficinas de gastronomia (técnicas básicas e confeitaria), música, fotografia, audiovisual, teatro e artes visuais, através de formulário virtual disponível no perfil do Instagram do projeto (@tempocultural) ou nos espaços de realização de cada oficina, que são: Lar Pérolas de Cristo (Tubarão), na Escola Estadual Barros Barreto (Paripe) e na Associação Beneficente e Recreativa do Bairro da Felicidade (Paripe); fotografia e artes visuais: Escola Estadual João Caribe (São Tomé de Paripe); oficinas de audiovisual e teatro: na Escola Estadual Barros Barreto (Paripe); e música: Lar Pérolas de Cristo.

Os participantes receberão certificados.

COMO FUNCIONARÁ

Cada oficina será destinada a 20 jovens e adultos do subúrbio, com exceção da oficina de gastronomia que contará com seis turmas, alcançando cerca de 120 pessoas. Estas ações artístico-culturais têm carga horária de 20 horas cada. Os oficineiros, em sua maioria, são profissionais residentes de bairros do Subúrbio Ferroviário e/ou artistas que já tenham relação socioeducativa com a comunidade.

OFICINDAS

AUDIOVISUAL | Da ideia à distribuição, com Luiz Gustavo, fotógrafo e videomaker do bairro de Luis Anselmo, com trabalhos desenvolvidos para grandes marcas baianas e nacionais – Beats, BATEKOO e Dendezeiros
Onde: Escola Estadual Barros Barreto – Paripe
Quando: 19 e 26 de abril, 03, 10 e 17 de maio, sextas, das 14h às 18h
Ementa: A proposta desta oficina é abordar noções teóricas e técnicas de elaboração de roteiro, luz, som, gravação e edição para pequenos formatos. O objetivo é estimular o olhar do aluno para os diversos campos de atuação dentro do audiovisual. Além de mostrar que é possivel desenvolver um trabalho audiovisual com o equipamento disponível em mãos.

MÚSICA | Iniciação musical com ênfase nas musicalidade da diáspora africana, com o músico Marcelo Saback
Onde: Lar Pérolas de Cristo (Tubarão)
Quando: 15, 22 e 29 de abril, 06, 13 e 20 de maio, segundas. I Turma – 10h às 12h; e II Turma – das 14h às 16h
Observação: esta oficina será dividida em duas turmas de 10 alunos
Ementa: Uma imersão no universo sonoro com instrumentos musicais como chocalhos, claves, tambores africanos e afrobrasileiros, violão e flautas doces. Essa vivência busca oferecer uma experiência sinestésica, perceptiva, criativa e emocional, a partir da cosmovisão musical de matriz africana. É um trabalho de apreciação, performance e composição..

TEATRO | O Jogo Físico na Cena – Práticas Físicas para a Prontidão Corpórea, com o ator e preparador corporal Israel Barretto (integrante do Coletivo DUO)
Onde: Escola Estadual Barros Barreto – Paripe
Quando: de 30 de abril a 23 de maio, terças e quintas, das 14h às 16h30
Ementa: A proposta é desenvolver e experimentar técnicas que estimulem a criação (através do corpo) do aluno/ator, através de dinâmicas e exercícios, de modo a condicionar o ator para o trabalho em cena. Os princípios de trabalho: exercícios de alongamento, flexibilidade e hiperventilação, exaustão física, consciência corporal e espacial, construção da presença cênica e do estado de jogo.

ARTES VISUAIS | Arte Urbana em Ação, com o artista visual, educador e mobilizador social Rogério Ciente, nascido e criado no Subúrbio Ferroviário de Salvador
Onde: Escola Estadual João Caribe (São Tomé de Paripe)
Quando: 20 e 27 de abril, 04, 11 e 18 de maio, das 08h às 12h
Ementa: Esta oficina traz a arte urbana e suas raízes dentro das comunidades como pesquisa. Um estudo com foco na linguagem do grafite, ministrando conteúdos acerca da construção técnica de tipografias juntamente com a aplicação das cores, ensinando de maneira teórica e prática as etapas de um processo criativo acerca da linguagem apresentada. Tudo isso inserido no contexto cultural dos partícipes.

FOTOGRAFIA | com o artista visual, fotógrafo e videomaker de Castelo Branco, Luan Gramacho
Onde: Escola Estadual João Caribe (São Tomé de Paripe)
Quando: 20 e 27 de abril, 04, 11 e 18 de maio, das 08h às 12h
EMENTA: Luan Gramacho trará sua experiência e pesquisa sobre ancestralidade e negritude, como disparadores para esta oficina de fotografia, que busca introduzir noções básicas da fotografia, desde a técnica ao exercício do olhar. Ensinando como captar, decupar e tratar suas fotos de maneira independente, para que o aluno saia da oficina entendendo algumas linguagens do audiovisual.

GASTRONOMIA | Confeitaria festiva e lucrativa, com o gastrólogo Jônatas Nogueira Santino
I Turma
Onde: Lar Pérolas de Cristo (Tubarão)
Quando: 16, 23 e 30 de abril, 07, 14 e 21 de maio, terças, das 08h às 12h; é das 14h às 18h

II Turma
Onde: Escola Estadual Barros Barreto (Paripe)
Quando: 18 e 25 de abril, 02, 09 e 16 de maio, quintas, das 08h às 12h; é das 14h às 18h
Ementa: É um espaço de troca e desenvolvimento em cozinha comunitária com aulas sobre confeitaria e panificação. Voltada ao fomento do empreendedorismo local, está oficina ensinará técnicas de cocção de doces, salgados e pães para festas e eventos. Manuseio de utensílios e equipamentos de cozinha. Finalização de pratos e preparos.

GASTRONOMIA | Imersão Gastronômica, com o técnico em gastronomia Álex Vinicius
I Turma
Onde: Lar Pérolas de Cristo (Tubarão)
Quando: 16, 23 e 30 de abril, 07, 14 e 21 de maio, terças, das 08h às 12h
II Turma
Onde: Lar Pérolas de Cristo (Tubarão)
Quando:16, 23 e 30 de abril, 07, 14 e 21 de maio, terças, das 14h às 18h
Ementa: Oficina teórica e prática, em que os alunos terão contato com conceitos e conhecimentos inerentes ao processo de preparação de alimentos, processos de transformações de ingredientes, e as principais técnicas de corte e cocção. Irão explorar uma variedade de ingredientes e descobrir os segredos por trás de pratos clássicos, tal qual o preparo correto de pratos famosos no dia a dia. Os pratos a serem produzidos serão feitos a partir de insumos locais e das tradições da região, para que os participes aprimorarem técnicas e usem a criatividade no ato de elaborar pratos.

GASTRONOMIA | Confeitaria Artesanal, com a Milena Adans
Onde: Associação Beneficente e Recreativa do Bairro da Felicidade (Paripe)
Quando: 17 e 24 de abril, 08, 15 e 22 se maio, quartas, das 08h às 12h, e das 14h às 18h
Ementa: Oficina de confeitaria artesanal, teórica e prática, voltada a produção de sobremesas, bolos, tortase cupcakes. Voltada ao fomento do empreendedorismo local, a oficina também ensinará técnicas de manuseio de utensílios e equipamentos de cozinha

VIVÊNCIAS

Após as oficinas, na segunda etapa, em maio, haverá a etapa de Vivências , na qual os participantes irão visitar espaços e instituições com larga experiência na área específica de cada oficina, compreendendo seus modos de fazer e saber, suas práticas técnicas, artísticas e produtivas, propiciando uma percepção ampliada das etapas que compõem cada área ou linguagem. As empresas e parceiros desta etapa ainda serão definidos.

MOSTRA ARTÍSTICO-CULTURAL

A terceira etapa é a Mostra Artístico-Cultural, que irá ocorrer dias 25 e 26 de maio, das 15h às 20h, na Escola Estadual Barros Barreto, em Paripe/Subúrbio Ferroviário, com a apresentação dos resultados de todas as oficinas e de artistas convidados, e será aberta ao público, com acessibilidade por meio de tradução simultânea em Libras.

SOBRE O PROJETO

Idealizado e coordenado pelo multiartista e produtor cultural, Saulus Castro (Coletivo Duo), “Tempo Cultural – Vivências em Arte e Cultura” busca contribuir para a diminuição e erradicação de um tríplice problema que impede o desenvolvimento equânime do país: a falta de acesso a bens artísticos (Fruir), o desalinhamento entre Arte e Educação (Formar) e a falta de oportunidades e para expressão artística (Feitura).

“Tempo Cultural oportuniza a públicos de baixa renda e/ou em situação de vulnerabilidade a fruição de ações culturais e a troca de conhecimentos formais e informais, além de descentralizar geograficamente os saberes e fazeres culturais”, pontua Castro.

Para a produtora executiva do projeto, Naila Jesus, o projeto contribui para a descentralização cultural, levando atividades artísticas e culturais diretamente da própria comunidade local. “Isso estimula a geração de renda local e contribui para o fortalecimento socioeconômico da região. Além de valorizar e dar voz aos talentos artísticos presentes no subúrbio, muitas vezes marginalizados em outras esferas sociais”, destaca.

O projeto tem patrocínio do Terminal Cotegipe, por meio da empresa Vitarella, e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

SERVIÇO

Inscrições oficinas Tempo Cultural
Quando: 5 a 8 de abril
Inscrições pela internet (clique aqui
Mais informações: @tempocultural

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!