AO VIVO Últimas Notícias
13/11/2023 10h55 | Atualizado em 13/11/2023 10h56

Devido à manifestação dos estudantes, Transalvador altera trânsito na Lapa; região segue travada

Os estudantes protestam contra o aumento das tarifas de ônibus na capital baiana, que passam, hoje, de R$ 4,90 para R$ 5,20

Devido à manifestação dos estudantes, Transalvador altera trânsito na Lapa; região segue travada Foto: Redes Sociais
Da Redação

Devido à manifestação dos estudantes na Estação da Lapa, em Salvador, o trânsito na região está intenso. Equipes da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) e da Polícia Militar já estão no local. Os estudantes protestam contra o aumento das tarifas de ônibus na capital baiana, que passam, hoje, de R$ 4,90 para R$ 5,20.

Segundo o repórter do Aratu On, Mateus Xavier, que está no local, agentes da Transalvador alteraram o sentido do trânsito. Ao invés de seguir pela Lapa, os motoristas estão sendo orientados a subir pela Av. Joana Angélica.

Em uma publicação nas redes sociais, a União dos Estudantes da Bahia (UEB), a Associação Baiana Estudantil Secundarista (ABES), o Diretório Central da Ufba e o Diretório Central da Uneb pedem que todos os estudantes, de instituições públicas e privadas, participem do ato. Durante a manifestação, eles chegaram a bloquear a saída da estação. De acordo com equipes da TV Aratu que estão no terminal, houve uma confusão entre o grupo e a Polícia Militar.

“A permanência estudantil se inicia quando o estudante consegue chegar na sua sala para assistir à aula. Em Salvador, a partir de segunda-feira, a passagem que era R$ 4,90 passa a ser R$ 5,20. Um aumento na taxa que interfere com que nossos estudantes possam estar presentes nas salas de aulas”, diz o texto.

O anúncio do aumento da passagem veio na última sexta-feira (10), após uma reunião entre o prefeito Bruno Reis (União) e o Sindicato dos Rodoviários, que estava em estado de greve desde o começo da semana e com previsão de parar nesta terça (14). A categoria argumentava que as empresas de ônibus descumpriam a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) ao fazer com que menores aprendizes exercessem a função de cobrador.

Em coletiva de imprensa, o gestor afirmou que a nova tarifa será válida até 2024. Segundo ele, o reajuste foi de 6%, sendo 3% referente a 2023 e os outros 3% a 2024. Um novo reajuste entrará em vigor em 2025.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!