AO VIVO Últimas Notícias
08/12/2021 13h29 | Atualizado em 08/12/2021 15h00

Após indicar tarifa de ônibus a R$ 5, Bruno Reis vai a Brasília buscar socorro para crise no transporte público de Salvador

Bruno Reis disse que esperava ter recebido, em 2020, um subsídio no valor de R$ 84 milhões para o segmento

Após indicar tarifa de ônibus a R$ 5, Bruno Reis vai a Brasília buscar socorro para crise no transporte público de Salvador Foto: divulgação
Matheus Caldas

Após abrir possibilidade de que a tarifa do ônibus em Salvador seja de R$ 5 em 2022, o prefeito Bruno Reis (DEM) está em Brasília nesta quarta-feira (8/11) para reivindicar socorro do Governo Federal para evitar que o sistema de transporte da capital baiana entre em colapso.

Ele se reúne com ministros e prefeitos de outras cidades brasileiras. “Seguimos dialogando e reivindicando um financiamento para o transporte público municipal para evitar um colapso no setor”, informou Bruno, por meio de publicação no Twitter.

Na mesma postagem, o democrata ainda indica que discute investimentos para saúde e educação.

Na última terça-feira (7/11), o gestor demonstrou preocupação com o transporte público municipal. Segundo ele, caso a Prefeitura cumpra o acordo com as empresas de ônibus, a passagem vai custar R$ 5 em 2022. “Se não tiver subsídio do governo federal, vocês lembram o que ocorreu em 2013? Aquelas manifestações que pararam o Brasil? Ano que vem vai se repetir. Se eu fosse cumprir o contrato que está assinado em Salvador, a passagem passaria para a casa de 5 reais. Tem condições de fazer isso? Não. O povo não aguenta pagar”, disse o prefeito, em entrevista ao programa Conexão Sociedade, da Rádio Sociedade da Bahia. 

Bruno Reis disse que esperava ter recebido, em 2020, um subsídio no valor de R$ 84 milhões para o segmento. 

“O prefeito ACM Neto chegou a pagar o desequilíbrio de 2020 confiando nesse dinheiro, que depois não veio. O projeto foi vetado. Qual é a proposta de nós prefeitos? É que possa ser dado um subsídio principalmente pra compensar a gratuidade do idoso. Essa ajuda seria repassada para o sistema, para evitar um aumento na tarifa de ônibus. A gente espera, nesse cálculo, que Salvador receba 64 milhões de reais. Isso corresponde a 10% do faturamento ano do sistema. Você teria condições de dar um aumento 10% menor aqui na nossa cidade. Amanhã estamos lá em Brasília. Ainda estamos tentando uma reunião com o presidente, mas vai ter uma série de reuniões com ministros e no Congresso”, falou o prefeito.

LEIA MAIS: Após tentativas do bloco governista de emplacar presidência e relatoria do colegiado, oposição retira assinaturas de apoio à CPI da Coelba

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Matheus Caldas