AO VIVO Últimas Notícias
21/09/2021 13h00 | Atualizado em 21/09/2021 13h06

Idosa de 74 anos foi avisada por cadela que imóvel estava pegando fogo em Salvador; família pede ajuda para reconstrução

Interessados podem fazer doações a partir de R$ 25. "Para as pessoas que não conseguem contribuir através do site tem o meu pix também: chave 991500467", concluiu.

Idosa de 74 anos foi avisada por cadela que imóvel estava pegando fogo em Salvador; família pede ajuda para reconstrução Foto: arquivo pessoal/Instagram
Da Redação

Kaline Verena Sena, de 18 anos, teve que reunir toda a sua força nesta terça-feira (21/9) e se preparar para recuperar o imóvel onde viveu desde bebê no Conjunto Habitacional ACM, em Salvador. O apartamento, localizado no bairro do Cabula, foi atingido por um incêndio de grandes proporções na tarde de segunda-feira (20/9).

Kaline vivia no local com a avó, Leonice Brito, 74 anos. Elas moravam no segundo andar do prédio que tem pelo menos 47 anos. Dona Leonice já era residente há 40 anos. Elas acabaram perdendo documentação, móveis, eletrodomésticos e objetos pessoais já que o fogo se alastrou por toda a residência.

"Graças a Deus ninguém se machucou. Minha avó ainda está abalada, mas estamos cuidando dela. Estamos resolvendo o problema por parte, no momento estamos procurando engenheiros. A vakinha foi uma ideia de minhas amigas e eu estou organizando  tudo, fazendo divulgações", detalhou.

A garota não estava no local quando tudo aconteceu, mas confirmou em entrevista ao Aratu On que a avó estava no quarto e foi alertada sobre o perigo pela cadela de seis meses, apelidada de Atena. Apesar do susto, ninguém se feriu no incidente, que ainda não teve a causa descoberta. "Tudo indica que a causa do incêndio foi curto circuito". 

A expectativa das vítimas é conseguir reconstruir o lar. Interessados podem fazer doações a partir de R$ 25 por meio deste link. "Para as pessoas que não conseguem contribuir através do site tem o meu pix também: chave 991500467", concluiu.

Depois que o fogo foi debelado pelo Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil de Salvador esteve no local e durante vistoria encontrou rachaduras na parte estrutural. As vítimas e outros três apartamentos tiveram que deixar as próprias casas. Dona Leonice e Kaline foram acolhidas pelo padrinho da menina. 

 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivoNos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação