Celebridadeshá 16 dias. Fonte: Da redação

Ex-mulher de Tom Veiga rebate acusações de suposto envenenamento: "confio na Justiça"

Creditos da foto:arquivo pessoal
Ex-mulher de Tom Veiga rebate acusações de suposto envenenamento: "confio na Justiça"

A ex-esposa de Tom Veiga, Cybelle Hermínio, resolveu quebrar o silêncio sobre as acusações em relação à morte do intérprete do Louro José. O colunista Leo Dias, do Metropoles, divulgou, nesta última terça-feira (5/4), que familiares de Tom teriam pedido a exumação do corpo por suspeitarem que ele havia morrido por envenenamento, e não por AVC. Ainda conforme Léo Dias, Veiga teria falado sobre a vontade de retirar Cybelle de seu testamento, dias antes de morrer, o que gerou a desconfiança da família.

Nesta quarta (7), Cybelle usou seu perfil no Instagram para negar as acusações. "Nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes. A gente tinha briga normal, como todo casal, mas nada que fugisse do controle. Sempre tive uma relação muito boa com os amigos. Me surpreende, porque tenho mensagens deles, arquivos de grupos que a gente participava juntos. Desconheço completamente as coisas que estão sendo faladas", disse. 

Ela ainda alegou que nunca houve, de fato, uma separação entre os dois. Segundo Cybelle, eles apenas optaram por se afastarem durante a pandemia. "Houve uma briga de casal, como qualquer outro, em meio à uma pandemia. Fui para casa da minha mãe para a gente respirar um pouco. Nunca houve data de assinatura de divórcio", declarou. 

Em outubro do ano passado, ela chegou a falar que estavam separados há um mês. Nos dias 29 e 30 de outubro de 2020, Tom já entrou em contato com um amigo, para pedir que fosse com ele a um cartório para testemunhar a retirada do nome de Cybelle de seu testamento.

Cybelle também disse "desconhecer" a suposta acusação de envenenamento e chamou de "abusrdo" o que está sendo veiculado na mídia. "Eu confio na lei, confio na Justiça, confio também no laudo do IML", pontuou.

O advogado dela, Edson Sobrunho, admitiu que existe um testamento, mas informou que o processo corre em sigilo de Justiça. "Essas alegações que estão sendo feitas de exumação de corpo, de forçação de casamento através de doação de bens, testamento, nunca houve isso", ressaltou, pedindo ainda para que as pessoas parem com os "ataques".

VEJA NA ÍNTEGRA: 

LEIA MAIS: Polícia do Rio abre investigação contra cantor Rodolffo por crime de racismo

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

logo_aratuonline

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

O deputado estadual @deputadoangeloalmeida (PSB) estará no Linha de Frente nesta sexta-feira (23/4), conversando com o jornalista @opabloreis, do Grupo Aratu. Participe com a gente através das nossas redes sociais.Vocês concordam que 'viver e sobreviver está sendo um enorme desafio para todos durante a pandemia', e que para quem é pai ou mãe, a situação pode ser ainda mais delicada? "A questão é: como auxiliar ou prestar apoio sem invadir o espaço do outro?"

Esse é o tema da estreia de Otávio Leal (@paivemca) no Colunistas On. Pai de Maria Flor, advogado e consultor parental, ele estará com a gente toda semana, falando sobre paternidade e relações familiares.

Para ler o artigo completo, acesse www.aratuon.com.br/colunistasonA cantora Anitta compartilhou, nesta quarta-feira (21/4), uma postagem nas redes sociais em que pede a saída de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente pelo seu “desserviço” no comando da pasta e criticou a atual gestão ambiental do Governo Federal. A situação, porém, gerou uma grande confusão. 

Tudo começou quando a artista usou o seu perfil no Twitter para defender a tag #ForaSalles, movimento que teve a adesão de outras personalidades. Salles então, respondeu à publicação, chamando a cantora de “Teletubbie”. 

“Fica na sua ai, ô Teletubbie", comentou, fazendo referência ao programa infantil criado em 1997.

A artista retrucou. "Além de imaturo, é burro. Melhor sair do ministério", disse. Em outro comentário, Anitta questionou a maturidade de Salles. "Quantos anos você tem? 12?", criticou. O ministro questionou se a cantora sabe quais são as capitais do Brasil ou para falar “pelo menos os nomes dos seis biomas brasileiros” para “começar a conversar”.

A cantora respondeu ao ministro novamente, pediu desculpa pela demora nas respostas e disse que não consegue respondê-lo em cinco minutos, como ele faz, “porque trabalha”. “Tava dando umas entrevistas em inglês, espanhol, em francês… você fala francês? Liga para a presidente da França? Ouvi dizer que ele ama vocês”, finalizou.

Depois da discussão, Anitta lançou uma enquete em sua rede social sobre a função do ministro do Meio Ambiente. As opções foram “defende a natureza” ou “fica de trelelê no Twitter”.

Além de Anitta, o movimento pedindo a saída de Salles da pasta responsável por conduzir a política ambiental teve adesões no Twitter de políticos da oposição e celebridades, entre nomes como a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil e a ativista defensora dos animais Luisa Mell.O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira (22/4) para anunciar a previsão de chegada de um novo lote com 222,5 mil doses da vacina contra a Covid-19. Os imunizantes são da CoronaVac (Butantan) e AstraZeneca (Oxford).

De acordo com o titular da pasta, 180,5 mil doses serão da Oxford/AstraZeneca e 42 mil da CoronaVac. A estimativa é que os imunizantes desembarquem em Salvador no final da tarde desta quinta. "Tem vacina chegando, gente! próxima pauta de entregas: 42 mil doses da Butantan; 180.500 doses da AstraZeneca", disse VIlas-Boas.

Salvador inicia a vacinação de mais dois públicos prioritários: pessoas com Síndrome de Down e psicólogos autônomos.

A primeira dose do imunizante também continua a ser aplicada em trabalhadores da Educação Infantil, nutricionistas autônomos, idosos de 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde e profissionais autônomos, doulas, pacientes em hemodiálise e agentes de segurança pública.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA EM www.aratuon.com.br
Ver Mais