AO VIVO Últimas Notícias
30/09/2020 18h05 | Atualizado em 30/09/2020 18h21

Fiscalização de praias interditadas conta com drone, cavalaria da Polícia Militar e 18 viaturas

Fiscalização de praias interditadas conta com drone, cavalaria da Polícia Militar e 18 viaturas

Fiscalização de praias interditadas conta com drone, cavalaria da Polícia Militar e 18 viaturas Foto: divulgação/Secom
Da Redação

Para assegurar o cumprimento da retomada da interdição das praias do Cantagalo, Boa Viagem, Amaralina e Piatã, decretada na terça-feira (29/9), a Prefeitura de Salvador montou um esquema especial de fiscalização com 80 agentes, 18 viaturas e um drone. A operação conta com Guarda Civil Munipal (GCM), Secretaria de Ordem Pública (Semop), da Transalvador e também passará a ter o suporte ostensivo da Cavalaria da Polícia Militar (PM), a partir desta quinta (1/10), especificamente nas praias de Piatã e Amaralina.

As areias do Cantagalo, Boa Viagem, Amaralina e Piatã chegaram a ser reabertas, mas o acesso foi novamente proibido. “São locais que mais tiveram problemas no final da tarde do domingo passado (27/9), por conta das cenas de aglomerações e banhistas descumprindo as restrições, já que nenhuma praia de Salvador pode ser frequentada aos finais de semana”, explica o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da GCM, Maurício Lima.

As praias de Cantagalo e Boa Viagem já se encontram com bloqueios físicos colocados. "Pela manhã, não houve nenhuma pessoa em Boa Viagem e Cantagalo, enquanto que, em Amaralina, a Guarda orientou a saída da faixa de areia de alguns frequentadores que queriam fazer atividades físicas. Já em Piatã, a situação também esteve sob controle ”, avalia o gestor.

A Prefeitura estima que, ainda nesta quarta (30/9), serão concluídas as interdições em Amaralina e Piatã. O acesso a esses espaços estão sendo fechados com estacas e arames lisos, gradis, balizadores, além da utilização de galhardetes contendo as informações do decreto e orientações ao público.  

As praias Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, e a do Porto da Barra, não chegaram a ser liberadas, por terem uma faixa de areia reduzida e pela intensa procura. Já as praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira e Itapuã continuam podendo receber banhistas de terça a sexta, porque elas costumam ser muito procuradas às segundas. As outras estão liberadas de segunda a sexta, em horários livres e com exceção sempre de feriados.  

LEIA MAIS: Depois do Flamengo, mais um time brasileiro sofre 'surto' da Covid-19; Fluminense tem 10 atletas infectados

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação