Geralhá 3 meses. Fonte: Da redação

Câmera de segurança, mentira sobre relacionamento lésbico e cartas de amor: Shirley e Maqueila falam sobre morte na Paraíso Perdido

Creditos da foto:ilustrativa
Câmera de segurança, mentira sobre relacionamento lésbico e cartas de amor: Shirley e Maqueila falam sobre morte na Paraíso Perdido

Principais personagens envolvidas no mistério que cerca a morte de Leandro Troesch, dono de uma pousada de luxo no município de Jaguaripe, a 130 km de Salvador, a viúva Shirley Figueiredo e Maqueila Bastos, ex-funcionária do empresário, voltaram a falar sobre o assunto e reforçaram a tese de que ele se suicidou.

Em entrevistas concedidas ao jornalista da TV Record, Roberto Cabrini, as mulheres falaram sobre o relacionamento amoroso entre elas, mas negaram que a morte de Leandro esteja relacionada com o romance.

Shirley não se sentiu confortável para detalhar o namoro. Maqueila, porém, esteve mais à vontade e revelou que ainda ama a ex-namorada, mas não tem certeza se seu amor continua correspondido.

Maqueila, ouvida em um apartamento em Salvador, disse que as duas tinham planos de morar juntas e ter filhos. Shirley, entrevistada dentro do Complexo Penitenciário da Mata Escura ao lado de seu advogado, se incomodou com o teor das perguntas. Ela se esquivou no primeiro momento, mas afirmou ter "ficado" com Maqueila na prisão. 

"Não sei se é vergonha do relacionamento, não sei o que é que se passa na cabeça dela", avaliou Maqueila, que, inclusive, mostrou a tatuagem com o nome da amada feita em seu braço, no último mês de outubro.

As duas eram ciumentas, segundo Maqueila, e isso fazia com que a relação viivesse momentos conflituosos. Contudo, ela ressaltou que as brigas não estavam atreladas ao empresário e ao triângulo amoroso. "Ela sempre falou que tinha um relacionamento aberto com ele[...] e até falou que um dia ia decidir se iria continuar com ele ou comigo", comentou.

Questionada, Shirley reforçou que Leandro concordava com a situação. "Eu não fazia nada sem, primeiro, comunicar ao meu marido", disse, acrescentando que seu relacionamento com ele era muito tranquilo.

A reportagem da TV Record trouxe ainda uma imagem de câmera de segurança de dentro da pousada onde a morte aconteceu. O vídeo mostra Leandro, aparentemente, nervoso, falando ao celular. Minutos depois, ele teria sido encontrado morto pela esposa, dentro do quarto. A Polícia Civil, porém, sustenta que o empresário foi assassinado. 

Além disso, Roberto Cabrini ainda apresentou à Maqueila cartas de amor que ela teria escrito para Shirley ainda dentro da prisão. Ela, inclusive, confirmou ser a autora das palavras. 

PARAÍSO PERDIDO

Cenário onde o triângulo amoroso aconteceu com maior intensidade, a Pousada Paraíso Perdido, propriedade de Leandro, virou centro das atenções após a morte do empresário, no último dia 25 de fevereiro. 

Maqueila Bastos chegou a ser presa no dia 24 de março, em Aracaju, por estar com um carro alugado - o qual não havia devolvido. No dia 5 de abril, ela foi transferida para Salvador, sendo solta dias depois.

Shirley Silva Figueiredo, viúva do empresário Leandro Troesch, foi presa no dia 9 de maio na zona rural do município de Iaçu, a 279 km de Salvador. Ela tinha mandado de prisão de aberto por descumprir as medidas de prisão domiciliar imposta por conta de outro crime. Além disso, é investigada pela possível execução do marido. 

O inquérito enviado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), que indiciava Shirley por homicídio e Maqueila por participação, foi devolvido à Polícia Civil para “prestar diligências”, conforme confirmou o delegado responsável pelo caso Rafael Magalhães, em entrevista ao programa Cidade Aratu
CADEIA DO SAL

Jaguaripe tem, em sua história, "fama" por ter uma Justiça firme. Tudo isso por conta de uma cadeia que, no passado, afogava os presos. A reportagem do Aratu On esteve no local e contou detalhes disso. 

LEIA MAIS:  Jaguaripe: terra de sangue em um "Paraíso Perdido", cidade tem tradição secular de "amaldiçoar" condenados pela Justiça; conheça o inferno

A cidade ficou marcada pelos anos de tortura dentro de uma cadeia que, em 1697, começou a ser construída após o assassinato do francês Félix Bittencourt - marido de Úrsula Maria da Virgens, a mulher mais importante da região -. As décadas se passaram e inúmeros presos foram torturados. 

Exatos 325 anos após a morte do francês, a temida justiça jaguaripense - que ganhou "fama" exatamente pela crueldade imposta no prédio erguido a mando de Dona Úrsula - é obrigada a julgar a morte de um homem que, assim como Félix, era muito conhecido. Quis a coincidência que Leandro Silva Troesch, empresário, fosse encontrado sem vida nas mesmas terras impiedosas com quem comete algum crime brutal. 

Hoje, a Cadeia do Sal fica sob a sede da Prefeitura, onde funcionários e cidadãos passam todos os dias. 

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 - 7440. Nos insira nos seus grupos!

Notícias Relacionadas

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

A nova pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta última quinta-feira (18/8), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda lidera nas intenções de voto para a corrida presidencial.

A sondagem também aponta que o presidente Jair Bolsonaro (PL) viu suas intenções de voto aumentarem acima da margem de erro e encurtou a diferença em relação ao petista.

Em relação à última pesquisa, divulgada no final de julho, Lula se manteve com 47%. Bolsonaro, por sua vez, saiu de 29% para 32%. A distância entre os dois, portanto, saiu de 18 pontos percentuais para 15.

Atrás de Bolsonaro está o candidato do PDT, Ciro Gomes, que oscilou de 8% para 7%. Simone Tebet (MDB) saiu de 3% para 2%. Os outros candidatos somaram, juntos, 1%. Votos nulos e brancos totalizaram 6% e os que não sabem ou não responderam, 2%.

A principal novidade da mais recente pesquisa do Datafolha é a oscilação positiva das intenções de voto de Jair Bolsonaro em relação ao levantamento anterior. Bolsonaro saiu de 29% para 32%, enquanto Lula se manteve estável com 47%. A oscilação foi de três pontos percentuais, acima, portanto, da margem de erro da pesquisa — que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

RICOS

Outro dado trazido pela pesquisa é o que indica as intenções de voto dos eleitores mais ricos. Houve crescimento de sete pontos percentuais de Lula no segmento que ganha acima de 10 salários mínimos. Lula saiu de 33% para 40%. Bolsonaro, por sua vez, ainda lidera nesse segmento, subindo de 41% para 43%. Como a margem de erro para essa faixa do eleitorado é de seis pontos percentuais, o cenário é de empate técnico.

O crescimento de Lula nessa faixa do eleitorado chama atenção porque vai na contramão dos dados mais recentes sobre as intenções de voto do PT, que apontam para uma prevalência do eleitorado de menor poder aquisitivo.

Em suas primeiras eleições, o PT contava com relativo apoio de eleitores de classe média e classe média alta. Essa tendência, no entanto, começou a se inverter a partir de 2006, quando o perfil do eleitorado petista passou a ser composto, em grande parte, por eleitores mais pobres.

#AratuOn #Lula #BolsonaroO cantor Tierry, de 33 anos, assumiu que fuma maconha em entrevista a um podcast. Apesar da confissão, ele diz que faz uso às vezes para "fins medicinais" e que se considera uma pessoa careta.

Durante entrevista ao podcast Ticaracatica Cast, com Márvio Lúcio, conhecido como Carioca, e Marcos Chiesa, conhecido como Bola, o sertanejo falou sobre a prática. "Eu sou um cara careta. A única coisa que uso de vez em quando é maconha. É terapêutico para mim. Tive depressão um tempo e comecei a fumar. Comprei um beckzinho, pedi para meu produtor fazer para mim e dei uma acalmada", afirmou.

"Mas teve uma hora em que parei de usar e está lá até hoje. Um amigo meu que é médico me passou o óleo da cannabis", contou o cantor. Ele também falou que já chegou a experimentar um bolo com a erva.

Tierry ressaltou que não utiliza a substância para tarefas do seu trabalho. "Não preciso usar alguma coisa para poder compor", disse.

TÉRMINO

O sertanejo falou ainda sobre sua recente 'solteirice', já que ficou casado durante oito anos com Lorena Alveis e depois engatou um namoro de um ano e três meses com Gabi Martins. "Agora, estou aproveitando a solteirice, porque sempre vivi uma vida para me doar para o outro. Estou me curtindo e esse momento assim. Estou feliz", disse.

De vez em quando, ele afirmou que sente uma vontade de ligar para alguém e conversar, por isso alguém do lado dele faz falta. "Existe uma loucura de artista que em um momento você está cheio de gente e, de repente, sozinho no hotel. Não tem essa história de estar cheio de mulher. Eu sou um cara que não gosta de 'after'", explicou.

#AratuOn #TierryO número de candidatos que se utilizam da religião para angariar votos cresceu ao menos 87,5% na Bahia neste ano, se os dados forem comparados com as eleições gerais de 2018.

As informações foram extraídas a partir de dados disponibilizados de forma pública pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com os perfis dos candidatos nos pleitos de 2018 e 2022.

Neste ano, são 45 que se candidataram e utilizaram nomes religiosos nas urnas ou tinham como ocupação algum cargo em diferentes matrizes religiosas. São 39 pastores e outros seis bispos de igrejas baianas. Dois deles tentam reeleição na Câmara: Pastor Sargento Isidório (Avante), na Câmara, e Carlos Ubaldino (PDT).

Em 2018, foram ao menos 24 pessoas que se candidataram nestas condições. No último pleito, três candidatos tinham como profissão a religião. Foram eles: Pai Robinho e Missionária Andrea Silva, ambos do Pros, e Bispo Márcio Oliveira (PSC). Nenhum deles foi eleito. 

Houve, ainda, outros 21 que tinham ocupações diversas, mas que usavam na urna nomes de cargos religiosos, como pastor, bispo ou reverendo. Destes, apenas quatro foram eleitos: Pastor Sargento Isidório (Avante) e Abílio Santana (PL), na Câmara, e Carlos Ubaldino (PDT) e Pastor Tom (PSC) - este teve o mandato cassado pelo TSE por ausência de filiação partidária no registro de candidatura na eleição de 2018 -.

Abílio retirou do seu nome de urna a palavra "pastor", mas tenta reeleição a deputado federal. Tom, por sua vez, tentará o retorno à Assembleia Legislativa (AL-BA). 

#AratuOnOs pré-selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), referente ao segundo semestre, têm até às 23h59 desta 6ª feira (19/8) para complementar as informações cadastradas no site do programa. A documentação deve ser entregue às unidades de ensino de forma presencial ou virtual.

Outra exigência é a validação de um agente financeiro, como a Caixa Econômica Federal, por exemplo. A contratação deve ser feita em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil subsequente à data de validação da inscrição. Quando aprovado, o selecionado deverá formalizar o financiamento.

Aqueles que não conseguiram uma vaga na primeira chamada do Fies serão incluídos automaticamente na lista de espera. No entanto, assim como os selecionados, o grupo deverá complementar as informações cadastradas para garantir a inscrição. A lista de convocação está programada para o dia 22 de agosto.

#AratuOn #FIESO coreano mais baiano do mundo, Kwon Min Sung, de 22 anos (ou 24, na idade coreana), deve vir a Salvador na próxima semana, e com a ajuda da banda Oh Polêmico. O anúncio foi feito pelo jovem no Instagram. "Estou planejando ir para o Salvador no dia 26 de agosto com a grande ajuda do @ohpolemicooficial ", escreveu o influencer.

O vocalista da banda, Deivison, também conhecido como Polly, também comentou a vinda de Min Sung, nos stories do Instagram. "O 'homi' ta vindo! Respeita o Polly", escreveu. Depois, mostrou uma conversa com o coreano, que já o chama de amigo. 

#AratuOnO circuito Barra-Ondina será mantido no Carnaval de 2023. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (19/08), pelo prefeito Bruno Reis, durante o lançamento do projeto "Salvador Capital Afro", no Espaço Cultural da Barroquinha. E você, o que acha desta decisão? Diz aí para a gente nos comentários!

#AratuOn #Barra #Ondina #CarnavalO vereador Gabriel Monteiro (PL) teve o seu mandato cassado pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A sessão foi realizada nesta última quinta-feira (18) e durou seis horas e meia. O placar final foi de 48 votos favoráveis à cassação e 2 votos contrários. Era necessário um mínimo de 34 votos, do total de 50 parlamentares presentes. 

Monteiro foi julgado por quebra do decoro parlamentar, por três motivos: encenação com uma menor de idade em um shopping, agressão contra um morador de rua convidado para a encenação de um roubo na Lapa e relação sexual gravada em vídeo com uma menor de idade, que posteriormente teve as imagens vazadas na internet. 

Também houve, durante os trabalhos da Comissão de Ética, denúncias de assessores do vereador por importunação sexual e estupro, mas esses crimes, como não faziam parte da denúncia inicial, não foram inseridos no relatório final. O vereador Chico Alencar (Psol), relator do processo por quebra de decoro de Gabriel Monteiro no Conselho de Ética da Câmara, leu parte do relatório aprovado pelo conselho, pedindo a cassação do mandato.

Alencar disse que vídeos foram editados de forma a abusar de pessoas vulneráveis. "A filmagem da relação sexual com uma menor de idade, à época com 15 anos de idade, choca a todos. O vídeo é impublicável, com agressão física a mulher. Isso está filmado. Isso é impublicável”, disse o relator.

#AratuOn #GabrielMonteiroApós participar do Congresso de Personal Organizer Brasil, a empresária e organizer Anne Kelly escreveu sobre o que presenciou no evento. Entre os destaques, ela citou o "morar do futuro; como o metaverso pode e vai revolucionar a forma que prestamos o serviço de organização e vendas de produtos ligados à casa". 

"Já é realidade fora do país o aluguel de móveis para casas e aqui no Brasil não é diferente. Já existe uma startup que vai começar a operação agora em setembro de 2022 na capital paulista e na grande São Paulo".

Quer saber mais? É só acessar o aratuon.com.br/colunistason

#AratuOnÉ oficial: as irmãs Simone e Simaria Mendes anunciaram nesta quarta-feira (18/8) o término das atividades da dupla. As “Coleguinhas” estavam com a relação estremecida desde o mês de junho, após uma série de desentendimentos.

Leia o comunicado abaixo, na íntegra:

"Em respeito aos fãs, amigos e parceiros, Simone e Simaria comunicam oficialmente que as atividades da dupla estão encerradas. As artistas seguem, a partir daqui, em carreira solo.

Reiteramos que todos os compromissos de shows já contratados até a presente data serão pontualmente cumpridos por Simone.

“Me afastarei temporariamente dos palcos para cuidar dos meus filhos e da minha condição vocal. Sigo cumprindo meus compromissos de publicidade e planejando os próximos passos da minha carreira artística. Aos nossos fãs, todo o meu carinho, amor e gratidão, vocês são o meu combustível para seguir adiante”, diz Simaria.

Simone completa: “A minha vontade de estar nos palcos é imensa e preciso fazer aquilo que amo! Seguirei cantando e levando toda a minha alegria e amor para os fãs de todo o Brasil. Em breve estarei de volta aos palcos e conto com o apoio, carinho e energia de vocês nessa minha
nova trajetória”.

As artistas agradecem a todos pela compreensão e esclarecem que essa pausa se fez necessária para a definição dos próximos passos de suas carreiras"
Ver Mais