Foi um terremoto de magnitude 4,6 na Escala Richter o tremore de terra sentido em algumas cidades da Bahia, neste domingo (30/8). A informação foi divulgada pelo Instituto de Geociências (IGEO) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Em comunicado à imprensa, o IGEO diz que, segundo a Rede Sismográfica Mundial, a profundidade do foco foi de 10 Km. Por ser "raso", o sismo ocasionou abalo com tremor notório em habitações, mas não tem atingido magnitudes para ocasionar danos maiores.

O tremor foi sentido igualmente em várias cidades do Recôncavo e Baixo Sul, além de alguns bairros da capital baiana. De acordo com a Defesa Civil de Salvador (Codesal), houve registro da situação em: Pernambués, Cabula VI, Mata Escura, Caixa D'Água, Itapuã, Trobogy, Engenho Velho da Federação, Ondina, Garcia, Brotas, Cajazeiras, Imbuí e Ribeiro. 

A região atingida está posicionada geologicamente na Bacia do Recôncavo, a qual se constitui em uma área sismogênica (propensa à ocorrência de sismos), cujos relatos de terremotos são descritos desde o início do século passado.

O IGEO explica que as rochas da região possuem fraturas onde elas se movimentam umas em relação às outras. "Como estas estruturas possuem grandes dimensões, mesmo movimentos de alguns centímetros, quando ocorrem, liberam muita energia. Essa energia é, então, transformada em vibração e som, que são sentidos pela população".

Tanto o IGEO quanto a Sociedade Brasileira de Geologia (SGB) estão atentos à situação.

CONFIRA:

tremor-de-terra

RSBR

As estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), operadas pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LABSIS/UFRN), registraram pelo menos nove tremores de terra na região da cidade de Mutuípe, localizada no Vale do Jiquiriçá, na Bahia. Os abalos mais fortes tiveram magnitude preliminar estimada em 4.6 e 3.7 mR. Os outros eventos tiveram magnitude entre 2 e 3.

Os tremores ocorreram entre 7h44 e 9h22 da manhã deste domingo e o evento de magnitude 4.6 foi registrado às 7h44.

LEIA MAIS: Tremor de terra assusta moradores de Mutuípe, Santo Antônio de Jesus, Valença e outras cidades; "tremeu tudo por 10 segundos"

LEIA MAIS: Moradores de São Miguel das Matas relatam mais tremores de terra e Defesa Civil nega; "não há registros nessas localidades"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.