O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), falou nesta terça-feira (1/9) sobre a reabertura das praias, fechadas desde março por conta das medidas restritivas no combate ao coronavírus. Segundo ele, há a possibilidade de que praias específicas sejam liberadas para a prática de esportes.

"Estamos hoje mais próximos do que já estivemos. Tenham fé que as coisas vão voltar, mas na hora certa e com segurança. Nós temos que trabalhar com as peculiaridades de nossa cidade. No caso de nossa orla, se nós formos analisar, são 64 km de orla (contando com as ilhas). Não é fácil controlar isso. Estamos estudando algumas praias para liberar para atividades esportivas, com fiscalização, é claro. Deve acontecer em breve", ressaltou. 

MOBILIDADE URBANA

Na ocasião, Neto foi questionado sobre o motivo de não ter flexibilização dos horários de funcionamento de bares e restaurantes. Segundo o gestor, a medida é vista com cautela, pois poderia impactar diretamente em outro setor: o da mobilidade urbana.

"Estamos reforçando a operação da cidade, é claro que no horário de pico estamos reforçando o número de ônibus. Vocês sabem que eu, desde o início, venho falando do controle dos ônibus, por que são vetores de transmissão, então, estamos ligados, fiscalizando. Esperávamos que com a abertura das fases 1 e 2 tivesse o aumento de 70% [dos leitos]. Não ocorreu, o nível está em 50%. Mas não podemos flexibilizar ainda os horários de abertura de bares e restaurantes para não superlotar o horário de pico do transporte público de Salvador", disse. 

AULAS

Mais uma vez, Neto foi indagado quanto à possibilidade de retorno às aulas na capital baiana ainda neste mês. O prefeito descartou. No entanto, trouxe um alento aos educadores, pais e alunos.

"Conversei com o governador na semana passada, já anunciei que em setembro não retorna, mas quem sabe, tudo é hipótese, existe, sim, a possibilidade de retomada em outubro, mas gradual e progressiva. Regra dura de protocolo, não vai voltar todo mundo. Temos que observar a maturidade dos alunos. A princípio cursos livres, universidades e ensino médio", finalizou. 

LEIA MAIS: Especialista não descarta novos terremotos na Bahia, inclusive em Salvador; "são imprevisíveis"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.