Um passageiro que não teve a identidade revelada foi retirado de um voo após chamar um comissário de "viadinho de bosta". O caso aconteceu dentro de um avião da empresa LATAM Airlines Brasil, em Guarulhos, São Paulo, na manhã da última segunda-feira (14/9).

Segundo testemunhas, o comissário pediu para o passageiro levantar a poltrona para a decolagem. O rapaz, porém, estava dormindo e não gostou de ser incomodado. Foi neste momento que o passageiro chamou o comissário de "viadinho de bosta". O funcionário da LATAM então acionou seu chefe para resolver o problema, que pediu esclarecimentos ao cliente e também ouviu um novo ataque, sendo chamado de "outro bosta".

Segundo uma nota enviada ao Aratu On, a empresa informou que "solicitou apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque do passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza) em função de comportamento indisciplinado". 

A empresa aérea, porém, não informou se a situação se tratava de homofobia. "A LATAM reforça ainda que repudia veementemente qualquer tipo de ofensa e reitera que qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa", ressaltou. 

LEIA MAIS: "O povo de Salvador vai saber a verdade", diz Iuri Sheik após deixar prisão; abalada, viúva pede "Justiça"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.