A DC comics, empresa responsável por super heróis como o Super Homem, a Mulher Maravilha e o Batmam, anunciou nesta quinta-feira (15/10) uma nova heroína: Yara Flor. O detalhe é que ela é brasileira, de origem indígena, e ocupará o lugar da Mulher Maravilha na Liga da Justiça.

A editora não revelou muito, apenas que a personagem é uma índia amazonense e combaterá os vilões ao lado de Jon Kent, filho de Clark Kent que ocupa o lugar do Super Homem. Os dois farão parte de uma nova saga chamada "DC Future State", a ser lançada em 2021.

Os fãs brasileiros gostaram tanto da notícia que o nome "Yara Flor" foi parar nos tópicos mais comentados no Twitter. Alguns usuários, porém, lembraram que a marca já possui outros heróis brasileiros, como a Fogo, codinome de Beatriz Bonilla da Costa e que já fez parte da liga da justiça, capaz de controlar o fogo, voar e deixar seu corpo todo em chamas; Miragem, codinome de Miriam Delgado que possui a capacidade de criar fortíssimas ilusões; Allegra Garcia, que nasceu no estado do Amazonas, mas foi criada nas favelas do Rio de Janeiro; e Capoeira, um vilão que já batalhou com vários heróis, com nome real de Jesus Valdez.

LEIA MAIS: Com ingressos esgotados em menos de 48 horas, show da banda O Poeta acontece nesta quinta-feira

Acompanhe todas as notícias sobre o coronavírus

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.