Uma mulher de 23 anos, que já tinha a passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, foi presa após ser flagrada transportando nove pacotes contendo o total de 50 sacos de 100 comprimidos cada da droga usada no golpe “Boa Noite Cinderela”. O fato ocorreu na noite do sabado (17/10) no KM 830 da BR 116, região do município baiano de Vitória da Conquista, a 517 km de Salvador, durante uma abordagem a um ônibus interestadual que fazia a rota Rio de Janeiro (RJ) X Fortaleza (CE).

Segundo  a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante a fiscalização, o nervosismo da passageira chamou  a atenção dos agentes que solicitaram que ela apresentasse a documentação e abrisse a bagagem. Ela indicou que a mala possuia um cadeado com senha e alegou não lembrar a numeração do segredo porque era emprestada. Os agentes então fizeram a mulher entrar em contato com a proprietária da mala e conseguir a senha.

Após uma ligação telefônica, a passageira abriu o cadeado. Dentro da mala foram encontradas algumas peças de roupas e 45 mil comprimidos brancos, acondicionados em uma caixa com uma etiqueta parcialmente removida, onde estava escrito “ARTANE 5m”. Ao ser questionada, ela disse que adquiriu o produto pela quantia de 20 mil reais com o objetivo de comercializar cada comprimido pelo valor de 5 reais.

De acordo com a PRF, a droga  consta da Portaria nº 344/98 da ANVISA como substância psicotrópica, é utilizada como adjuvante no tratamento de todas as formas de parkinsonismo, porém, também é usada em festas rave e para o golpe “Boa Noite Cinderela”, pois suas propriedades anticolinérgicas gera indução de estados mentais alterados, como alucinações e delírios.

Diante dos fatos, ela foi presa e encaminhada junto com os comprimidos apreendidos para a Delegacia de Polícia Judiciária local para os procedimentos cabíveis.  Essa apreensão causou um impacto de aproximadamente 225 mil reais ao narcotráfico.
 

LEIA MAIS: Roubo a ônibus é frustrado pela Polícia Montada  em Itapuã; dois suspeitos foram presos

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.