Nesta segunda-feira (13/1), foram divulgados os nomes das produções e atores indicados ao Oscar 2020. A obra brasileira "Democracia em vertigem" está na lista de indicados na catagoria "Melhor Documentário".

O filme aborda o impeachment da então presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e a polarização política no país. 

Através de seu site, a ex-presidenta divulgou um comunicado, onde comemora a indicação do documentário. "A história do Golpe de 2016, que me tirou da Presidência da República por meio de um impeachment fraudulento, ganha o mundo pelas lentes de Petra Costa no documentário “Democracia em Vertigem” [...] O filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder", diz trecho.

"Democracia em Vertigem" é a única produção brasileira a concorrer ao Oscar em 2020.

Leia o comunicado de Dilma na íntegra:

"A história do Golpe de 2016, que me tirou da Presidência da República por meio de um impeachment fraudulento, ganha o mundo pelas lentes de Petra Costa no documentário “Democracia em Vertigem”. E, para surpresa de alguns, ganhou hoje indicação ao Oscar.

O filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder e como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país, resultando na ascensão de um candidato da extrema-direita em 2018.

Parabéns a Petra e à equipe do filme pela indicação ao Oscar. A verdade não está enterrada. A história segue implacável contra os golpistas". 

 

LEIA MAIS: Festival Mazzaropi abre inscrições para mostra competitiva de curtas

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.