A Bahia já realizou mais de 100 mil testes de Covid-19, através do Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen), unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A contagem mantém o estado em segundo lugar nacional do ranking de testagem da doença, ficando atrás apenas de São Paulo.

De acordo com o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, os bons resultados foram obtidos porque a Bahia não dependeu apenas dos kits de testagem enviados pelo Ministério da Saúde. "A Bahia fez aquisição de equipamentos e insumos com recursos próprios", explicou Vilas-Boas. Os testes estão sendo realizados também nas cidades de Porto Seguro, Paulo Afonso, Jequié, Vitória da Conquista, Barreiras e ainda na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na região de Ilhéus e Itabuna.

Ainda segundo o secretário, foram investidos mais de R$ 2 milhões em obras e equipamentos na nova ala do Lacen, que realiza os testes de biologia molecular, ampliando a capacidade de 400 para cerca de dois mil testes por dia. Com a nova ala, o Lacen se tornou o maior laboratório do país em capacidade de realização de exames da Covid-19. Conforme a diretora-geral do laboratório, Arabela Leal, a ampliação também possibilitou a descentralização dos testes para o interior do estado.
 

LEIA MAIS: Gandu decreta lockdown por sete dias após 10 mortes e 553 casos de Covid-19
 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.