Esporteshá cerca de 1 mês. Fonte: Agência Brasil

Copa do Brasil: Juazeirense vence Sport em jogo marcado por apagões, paralisações e protesto

Creditos da foto:Anderson Stevens/Sport Recife
Copa do Brasil: Juazeirense vence Sport em jogo marcado por apagões, paralisações e protesto

A Juazeirense derrotou, na noite desta quarta-feira, o Sport por 3 a 2 pela primeira fase da Copa do Brasil. A partida ficou mais de uma hora paralisada, durante os acréscimos do segundo tempo, devido a dois apagões nos refletores do estádio Adauto Martins, em Juazeiro, norte da Bahia. O resultado classifica o clube baiano à segunda fase da competição para enfrentar o ganhador do confronto entre Castanhal e Volta Redonda, que se enfrentam na próxima quarta-feira (17/3), no estádio Modelão, em Castanhal (PA).

Com a bola rolando, o duelo foi movimentado. Logo no primeiro minuto, o atacante Kesley aproveitou rebote do goleiro Luan Polli e colocou a Juazeirense à frente. O empate quase aconteceu aos três, em cabeçada do zagueiro Rafael Thyere que parou no travessão, mas saiu aos 11 minutos, em cobrança de pênalti do volante Ronaldo Henrique. A virada rubro-negra veio aos 20, com o atacante Mikael, na sobra de um chute na trave do lateral Sander.

Na segunda etapa, novamente a Juazeirense balançou as redes cedo. Com um minuto, o meia Clebson deixou tudo igual, de cabeça. Aos 21, o zagueiro Dedé recolocou o Cancão de Fogo na dianteira do placar. O Sport, que jogava pelo empate, reclamou de situações que ocorreram a partir da virada dos anfitriões, como o acionamento (duas vezes) do sistema de irrigação e o sumiço de bolas de reposição. Aos 40 minutos, um susto: após dividida com Mikael, Dedé caiu desacordado e teve que ser atendido pela ambulância.

O árbitro Ramon Abatti Abel deu 11 minutos de acréscimo. Aos 50, parte dos refletores do Adauto Martins se apagou. A interrupção demorou 25 minutos e a bola voltou a rolar, mas, um minuto depois, um novo apagão tornou a paralisar o jogo. Após cerca de uma hora, o árbitro decidiu recomeçar a partida nas condições de momento, mas os jogadores do Sport só aceitariam a retomada com a iluminação totalmente restabelecida. O duelo, então, foi encerrado.

O caso pode ter desdobramentos fora de campo. O regulamento geral de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) prevê, no artigo 19, parágrafo primeiro, que o árbitro pode aguardar até 30 minutos, prorrogáveis por mais meia hora, para suspender uma partida se entender que “o fato gerador da paralisação não poderá ser sanado”.

O artigo 22, por sua vez, diz que jogos interrompidos após os 30 minutos do segundo tempo são considerados encerrados, “prevalecendo o placar daquele momento, desde que nenhum dos clubes tenha responsabilidade pelo encerramento da partida”. Já o artigo 20 destaca que “se o clube que não deu causa à suspensão da partida estiver dependendo de saldo de gols para obter classificação às fases ou competições seguintes, a situação será decidida pela Justiça Desportiva”.

PRONUNCIAMENTO DO SPORT

O Sport se pronunciou em nota oficial, nos primeiros minutos desta quinta-feira (11/3). O Leão pediu a realização de uma perícia no estádio "devido aos impressionantes e injustificáveis eventos ocorridos" na partida.

"Perícia esta que deve se dar especificamente no sistema de irrigação do campo, refletores e suas conexões elétricas, geradores de energia, parte elétrica do estádio, parte elétrica no entorno do estádio [para atestar se houve queda de energia por culpa da companhia elétrica], assim como demais instalações físicas do estádio", afirma o comunicado do clube pernambucano, que também pediu à CBF que oficie a companhia de energia elétrica de Juazeiro para saber se houve queda de energia no local após às 19h de quarta-feira.

LEIA MAIS: Com 5.499 novos registros de Covid-19 nas últimas 24h, Bahia acumula mais de 725 mil casos da doença

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

logo_aratuonline

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

O deputado estadual @deputadoangeloalmeida (PSB) estará no Linha de Frente nesta sexta-feira (23/4), conversando com o jornalista @opabloreis, do Grupo Aratu. Participe com a gente através das nossas redes sociais.Vocês concordam que 'viver e sobreviver está sendo um enorme desafio para todos durante a pandemia', e que para quem é pai ou mãe, a situação pode ser ainda mais delicada? "A questão é: como auxiliar ou prestar apoio sem invadir o espaço do outro?"

Esse é o tema da estreia de Otávio Leal (@paivemca) no Colunistas On. Pai de Maria Flor, advogado e consultor parental, ele estará com a gente toda semana, falando sobre paternidade e relações familiares.

Para ler o artigo completo, acesse www.aratuon.com.br/colunistasonA cantora Anitta compartilhou, nesta quarta-feira (21/4), uma postagem nas redes sociais em que pede a saída de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente pelo seu “desserviço” no comando da pasta e criticou a atual gestão ambiental do Governo Federal. A situação, porém, gerou uma grande confusão. 

Tudo começou quando a artista usou o seu perfil no Twitter para defender a tag #ForaSalles, movimento que teve a adesão de outras personalidades. Salles então, respondeu à publicação, chamando a cantora de “Teletubbie”. 

“Fica na sua ai, ô Teletubbie", comentou, fazendo referência ao programa infantil criado em 1997.

A artista retrucou. "Além de imaturo, é burro. Melhor sair do ministério", disse. Em outro comentário, Anitta questionou a maturidade de Salles. "Quantos anos você tem? 12?", criticou. O ministro questionou se a cantora sabe quais são as capitais do Brasil ou para falar “pelo menos os nomes dos seis biomas brasileiros” para “começar a conversar”.

A cantora respondeu ao ministro novamente, pediu desculpa pela demora nas respostas e disse que não consegue respondê-lo em cinco minutos, como ele faz, “porque trabalha”. “Tava dando umas entrevistas em inglês, espanhol, em francês… você fala francês? Liga para a presidente da França? Ouvi dizer que ele ama vocês”, finalizou.

Depois da discussão, Anitta lançou uma enquete em sua rede social sobre a função do ministro do Meio Ambiente. As opções foram “defende a natureza” ou “fica de trelelê no Twitter”.

Além de Anitta, o movimento pedindo a saída de Salles da pasta responsável por conduzir a política ambiental teve adesões no Twitter de políticos da oposição e celebridades, entre nomes como a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil e a ativista defensora dos animais Luisa Mell.O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira (22/4) para anunciar a previsão de chegada de um novo lote com 222,5 mil doses da vacina contra a Covid-19. Os imunizantes são da CoronaVac (Butantan) e AstraZeneca (Oxford).

De acordo com o titular da pasta, 180,5 mil doses serão da Oxford/AstraZeneca e 42 mil da CoronaVac. A estimativa é que os imunizantes desembarquem em Salvador no final da tarde desta quinta. "Tem vacina chegando, gente! próxima pauta de entregas: 42 mil doses da Butantan; 180.500 doses da AstraZeneca", disse VIlas-Boas.

Salvador inicia a vacinação de mais dois públicos prioritários: pessoas com Síndrome de Down e psicólogos autônomos.

A primeira dose do imunizante também continua a ser aplicada em trabalhadores da Educação Infantil, nutricionistas autônomos, idosos de 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde e profissionais autônomos, doulas, pacientes em hemodiálise e agentes de segurança pública.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA EM www.aratuon.com.br
Ver Mais