AO VIVO Últimas Notícias
22/04/2022 07h03 | Atualizado em 22/04/2022 08h17

Mais de cinco mil pés de maconha são incinerados por policiais militares no interior da Bahia

Após colherem uma amostra, os PMs incineraram o resto da plantação e apresentaram o material na Delegacia Territorial (DT) de Curaçá.

Mais de cinco mil pés de maconha são incinerados por policiais militares no interior da Bahia Foto: divulgação/SSP-BA
Da Redação

Cinco mil e quinhentos pés de maconha foram erradicados por policiais da 45ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Curaçá), durante trabalho ostensivo, na quarta-feira (20/4). A plantação foi localizada no povoado de Angico, nas proximidades do Rio São Francisco. 

O comandante da unidade, major Leonel Carlos Ribeiro, detalhou que a plantação foi localizada com o auxílio de embarcações e um drone – veículo aéreo não tripulado – usado pela tropa. 

“Nós já sabíamos que os criminosos estavam em processo de semeadura da erva, que dura cerca de três meses entre o plantio e a colheita. Daí só calculamos a data da última erradicação na localidade e conseguimos identificar os novos pés”, afirmou o oficial. 

A erva, recém plantada, foi encontrada junto com duas sementeiras – locais adaptados para o cultivo das plantas em sementes. Após colherem uma amostra, os PMs incineraram o resto da plantação e apresentaram o material na Delegacia Territorial (DT) de Curaçá, cidade do interior da Bahia, a 600 km de Salvador.. 

“Com essa erradicação, que chegaria a uma tonelada de maconha caso estivesse maturara, nós conseguimos fechar o primeiro trimestre de 2022 com a destruição de 50 mil pés da droga, na região do Vale do São Francisco”, contou Ribeiro, lembrando que o patrulhamento na região segue pela terra e através do rio com a utilização de embarcações.

ASSISTA

LEIA MAIS: OMS recomenda antiviral da Pfizer para tratar Covid-19 em pacientes com sintomas leves

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!

Fonte: Da redação