AO VIVO Últimas Notícias
27/12/2021 16h39 | Atualizado em 27/12/2021 17h11

João Roma anuncia que 90 médicos serão enviados às regiões atingidas por chuvas na Bahia

O governador Rui Costa (PT) incluiu, também nesse domingo, via decreto, mais de 47 cidades na lista de municípios em situação de emergência por conta das tempestades.

João Roma anuncia que 90 médicos serão enviados às regiões atingidas por chuvas na Bahia Foto: Beatriz Bulhões/Aratu On
Da Redação

Noventa médicos devem ser enviados, nesta segunda-feira (27/12), pelo Ministério da Saúde, para auxiliar a população atingida pelas fortes chuvas no sul da Bahia. A informação foi divulgada pelo ministro da cidadania, João Roma, que visitou o estado no domingo (26).

LEIA MAIS: Ministério da Defesa gasta verba da Covid para comprar filé mignon e picanha, diz TCU

O governador Rui Costa (PT) incluiu, também nesse domingo, via decreto, mais de 47 cidades na lista de municípios em situação de emergência por conta das tempestades. Com isso, chega a 72 o número de municípios nesta condição. Segundo ele, 37 cidades da região estão embaixo da água, atingidas de forma mais intensa pela subida do nível dos rios.

LEIA MAIS: Atenção! Bombeiros alertam que não há Pix ou conta bancária que receba doações para municípios atingidos pelas chuvas

O governador disse, nesta segunda, em sua conta oficial no Twitter, que as águas na cabeceira do rio Cachoeira, um dos que atravessam a região, começaram a baixar, e que “a expectativa é de melhora nos próximos dias”. 

No entanto, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) mantiveram o alerta de alto risco de novas inundações e deslizamentos de terra na Bahia, devido ao acumulado de chuvas dos últimos dias e à previsão de novas precipitações.

De acordo com o boletim mais recente da Defesa Civil da Bahia, divulgado no domingo, o estado contabiliza até o momento 18 mortos em decorrência dos temporais, além de dois desaparecidos, 16.001 desabrigados (pessoas que não possuem mais moradia) e 19.580 desalojados (pessoas que não conseguem acessar suas casas).

Até o presente momento, o governo federal disse ter aplicado cerca de R$ 20 milhões da Defesa Civil Nacional nos esforços para atender a população atingida. Nesta segunda, o governo estadual também divulgou a abertura de uma linha de crédito especial, de até R$ 150 mil a juro zero, para recuperar estabelecimento comerciais prejudicados.

LEIA MAIS: Chefe do Inmet diz que chuvas podem piorar em regiões da Bahia nos próximos dias e faz alerta para outros estados

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação