AO VIVO Últimas Notícias
10/08/2021 12h33 | Atualizado em 10/08/2021 13h24

Polícia prende um dos envolvidos na morte de garoto alvejado enquanto trabalhava na praia de Itapuã

A polícia ainda procura dois suspeitos, que, também, tiveram participação no crime.

Polícia prende um dos envolvidos na morte de garoto alvejado enquanto trabalhava na praia de Itapuã Foto: leitor Aratu On
Da Redação

Agentes da 48ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sussuarana) localizaram e prenderam, no final da tarde desta última segunda-feira (9/8), um dos envolvidos na morte do garoto de nove anos, que foi alvejado durante tiroteio na tarde da última sexta-feira (6/8), na Praia de Itapuã, em Salvador.

De acordo com o comandante da unidade, major Luciano Jorge, o suspeito – que não teve a identidade revelada-, foi preso após a ação do serviço de inteligência da Polícia Militar.

"Nós o prendemos durante abordagem numa das principais vias de Sussuarana. Ele foi um dos autores dos disparos. Ele confessou que dirigia o veículo Prisma, utlizado na fuga após o crime. Ele foi conduzido ao DHPP. Ainda estamos no encalço dos outros dois suspeitos. Cedo ou tarde, eles, também, serão presos", ressaltou o comandante.

Com o homem ainda foram apreendidos 1,5 kg de maconha, quatro balanças eletrônicas e várias embalagens utilizadas para acondicionar drogas.

PROTESTO

Nesta última segunda-feira (9/8), com cartazes nas mãos e gritos pedindo por justiça, familiares do pequeno Ícaro Silva Serapião se reuniram e fecharam a Avenida Dorival Caymmi, no bairro de Itapuã, para pedir a prisão dos envolvidos na morte do garoto.

Aos nove anos, Ícaro trabalhava como vendedor ambulante na praia quando foi alvejado quatro vezes na tarde da última sexta. O garoto foi atingido no braço, nas costas, no peitoral e na nuca por disparos de criminosos que tentavam executar uma pessoa presente na região. Ele foi socorrido para o Hospital Aeroporto, mas não resistiu.

Conforme a Polícia Militar, testemunhas informaram que os autores chegaram no Prisma, branco, placa não anotada. Dois homens e uma mulher desembarcaram do veículo e deflagraram os tiros. De acordo com a 12º Delegacia Territorial, o alvo dos atiradores era um homem de 35 anos, que já tem passagem na polícia por roubo e receptação. 

Imagens de câmeras do estacionamento de um bar foram solicitadas. O crime é investigado pela 1º Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação