AO VIVO Últimas Notícias
11/04/2020 14h15 | Atualizado em 11/04/2020 14h18

Vacinação contra influenza ocorre em 21 unidades básicas nesta segunda, em Salvador; não haverá pontos de drive thru

Vacinação contra influenza ocorre em 21 unidades básicas nesta segunda, em Salvador; não haverá pontos de drive thru

Vacinação contra influenza ocorre em 21 unidades básicas nesta segunda, em Salvador; não haverá pontos de drive thru Foto: reprodução / Agência Brasil
Da Redação

Nesta segunda-feira (13/4), a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza na capital baiana terá novidade. Ela irá acontecer em 21 postos de referência espalhados pela cidade onde poderão ser vacinados idosos (indivíduos com 60 anos ou mais) e trabalhadores da saúde, das 08 às 13h. No entanto, os pontos de drive thru não irão operar nesta segunda. 

LEIA MAIS: VÍDEO: clarão alaranjado no céu assusta moradores de Itapuã; "vi um monte de OVNI do tamanho de estrelas"

Salvador é a terceira capital do país com melhor adesão à estratégia, ficando atrás apenas de São Luís e Belém, respectivamente. No total cerca de 12 mil idosos e 32 mil trabalhadores da saúde ainda precisam ser imunizados no município. O objetivo da campanha é proteger pelo menos 90% do público alvo residente na cidade.

"Já conseguimos atingir a meta de idosos vacinados com aproximadamente 95% desse público protegido na capital. Para os trabalhadores da saúde a cobertura é de 70%. Obtivemos até o momento uma boa adesão à campanha", justificou Doiane Lemos, subcoordenadora de Controle de Doenças Imunopreveníveis.

Iniciada em 23 de março, a mobilização imunizou mais de 320 mil pessoas no município. Nessa primeira etapa da campanha que segue até 15 de abril, seguem sendo contemplados idosos (acima de 60 anos) e trabalhadores de saúde como enfermeiros, higienizadores, condutores de ambulância e demais profissionais que atuam diretamente no setor.

LEIA MAIS: Alba aprova projeto que obriga comerciário, industriário, bancário e transportador a usarem máscaras

LEIA MAIS: "Bolsonaro atrapalha combate ao coronavírus", afirma ONG Humans Right Watch

LEIA MAIS"Coronavírus é mais letal entre negros no Brasil", aponta pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação