AO VIVO Últimas Notícias
14/12/2018 12h38 | Atualizado em 14/12/2018 16h34

Prisão de João de Deus é determinada pela Justiça de Goiás

Prisão de João de Deus é determinada pela Justiça de Goiás

Prisão de João de Deus é determinada pela Justiça de Goiás Foto: Agência Brasil
Da Redação

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás confirmou há pouco, nesta sexta-feira (14/12) que o Tribunal de Justiça de Goiás acatou o pedido do Ministério Público de Goiás e determinou a prisão do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Ele é alvo de denúncias de abusos sexuais.

A reportagem ainda não conseguiu falar com o advogado Alberto Toron, que defende o médium. O advogado protocolou na quinta-feira (13) pedido para que o tribunal autorizasse o médium a continuar os atendimentos na Casa Dom Inácio Loyola, em Abadiânia.

Até esta quinta-feira, a força-tarefa criada pelo Ministério Público estadual para apurar as acusações de abusos sexuais contra João de Deus havia recebido 330 mensagens e contatos por telefone de mulheres que afirmam ser vítimas de crimes sexuais praticados pelo médium.

Promotorias de Justiça Criminais do Ministério Público de outros estados também estão recebendo denúncias e auxiliando o Ministério Público de Goiás na apuração, colhendo os depoimentos das denunciantes que não moram em Goiás.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) participa da força-tarefa nacional que atende mulheres que alegam terem sido vítimas de abusos sexuais cometidos pelo médium.

Até o momento, apenas uma mulher procurou o Ministério Público do Estado da Bahia para registrar denúncia.

LEIA MAIS: Motociclista morre ao colidir com cavalo em Simões Filho

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação, com informações da Agência Brasil