AO VIVO Últimas Notícias
19/12/2016 15h58 | Atualizado em 19/12/2016 15h58

CASTIGO: Polícia impede que traficante considerado perigoso saia de presídio de segurança máxima na Bahia

CASTIGO: Polícia impede que traficante considerado perigoso saia de presídio de segurança máxima na Bahia

CASTIGO: Polícia impede que traficante considerado perigoso saia de presídio de segurança máxima na Bahia Foto: divulgação/Polícia Civil
Da Redação

A Polícia Civil impediu a saída de um dos traficantes mais perigosos da Bahia do Conjunto Penal de Segurança Máxima localizado em Serrinha, a 200 km de Salvador. Marilton Nunes de Jesus, conhecido como “Mamai”, seria transferido para o Presídio de Feira de Santana. A decisão foi da Vara de Execuções Penais.

Com a concordância do Ministério Público (MP), o Juízo atendeu o pedido da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira), que, ao tomar conhecimento da transferência, promoveu uma investigação em torno de Marilton. Mesmo preso em Serrinha, concluiu os agentes, o traficante foi o mandante de vários crimes.

Os investigadores da Coorpin/Feira elaboraram um relatório no qual relata, com provas materiais e testemunhais, a ocorrência de um duplo homicídio, cumprindo a seu mando, além da humilhação aplicada como exemplo a uma mulher, que teve a cabeça raspada, foi filmada e as imagens distribuídas em um aplicativo de troca de mensagens.

Apontado como líder de uma quadrilha de traficantes e homicidas, cujo reduto é o bairro Queimadinha, mas abrangência em toda Feira, Mamai também foi flagrado com entorpecentes no presídio de Serrinha e ameaçou de morte um funcionário do conjunto penal. Ambos citados no trabalho.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline.

*Publicada originalmente às 14h32

Fonte: Da redação