AO VIVO Últimas Notícias
22/09/2015 20h38 | Atualizado em 22/09/2015 20h38

Salvador adere ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial

Salvador adere ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial

Da Redação

O prefeito ACM Neto e a ministra de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes, assinaram na tarde de hoje (22), em solenidade no Palácio Thomé de Souza, o termo de adesão de Salvador ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial. O objetivo é integrar todos os entes federados para a fomentação de políticas públicas que valorizem a diversidade e promoção social, adotando medidas como o Programa de Combate ao Racismo Institucional, as cotas nos concursos públicos e os incentivos tributários às religiões de matrizes africanas.

“Essa é uma causa nacional, que supera barreiras partidárias ou ideológicas. Enfrentar o racismo e lutar pela igualdade é trabalhar pelo desenvolvimento do país”, afirmou a ministra, ao lado de colaboradores da pasta federal, do presidente do Conselho Municipal da Comunidade Negra, Eurico Alcântara, da vice-prefeita Célia Sacramento, da secretária de Reparação de Salvador, Ivete Sacramento, vereadores, dirigentes de órgãos e outras autoridades.

“Hoje o combate ao racismo e à intolerância é uma política da atual gestão municipal. Trabalhamos para que Salvador seja livre do racismo e da discriminação. Faz parte de nossas metas administrativas”, disse Ivete Sacramento, cujo trabalho e história foram exaltados por Nilda Lino Gomes e outros representantes da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

O prefeito ACM Neto aproveitou a solenidade para fazer um balanço das ações da atual gestão no enfrentamento ao racismo e nas políticas de reparação e promoção da igualdade. Ele destacou a política de cotas para afrodescendentes nos concursos públicos municipais, já adotada na seleção para auditor fiscal e o Programa de Combate ao Racismo Institucional, que deverá concorrer, inclusive, a prêmios nacionais como modelo de gestão.

“Estamos avançando muito nessa área desde 2013, com ações relevantes e já implementadas. Posso destacar ainda o Selo da Diversidade Étnico-Racial, que premia as empresas que adotam ações de combate ao racismo, e o Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência Contra Mulher”, ressaltou o prefeito.

Fonte: Da redação