AO VIVO Últimas Notícias
23/04/2015 10h43 | Atualizado em 23/04/2015 10h43

Ex-trabalhadores Hospital Espanhol organizam manifestação nesta sexta-feira

Ex-trabalhadores Hospital Espanhol organizam manifestação nesta sexta-feira

Da Redação

Os ex-trabalhadores demitidos do Hospital Espanhol vão realizar um protesto na manhã de sexta-feira (13) no edifício sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no bairro de Nazaré onde a desembargadora do trabalho Débora Maria Lima Machado convocou as partes envolvidas para uma reunião às 9h.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia (SEEB), a situação indefinida e o fechamento da unidade de saúde deixa os ex-funcionários apreensivos em relação aos direitos trabalhistas que ainda não foram pagos. “Entramos com uma ação no Ministério Público do Trabalho e só foi pago o FGTS retido. Existe uma empresa de auditoria prestando serviço ao hospital e nós queremos saber quem está pagando. Muitos profissionais ainda não estão trabalhando e queremos pressionar para ter uma definição em relação aos trabalhadores. Foi feito um acordo global pelo judiciário e o hospital não está cumprindo.”, disse Lúcia Duque.

FLYER PROTESTO HE

Divulgação

Além do SEEB, participam do protesto o SindSaúde, Sindfarma, SINDPSI, SINDFITO SASB, SINDNUT.

Entre as especulações sobre o destino do Hospital Espanhol foi anunciado no dia 3 de fevereiro pelo presidente da Real Sociedade Espanhola de Beneficência, Demétrio Garcia que um plano de saúde iria administrar o Hospital. Mas, até o momento o nome da empresa não foi divulgada. Foi dito ainda, que a empresa iria cobrir todos os débitos do Hospital, que estão em 245 milhões de reais.

Crise
Paralisações dos funcionários, em 2013, foram o estopim para o conhecimento público do caso. À época, um empréstimo contratado pelo Hospital junto à Caixa e o Desembahia, no valor de 105 milhões de reais, fez uma nova gestão assumir a unidade, composta, inclusive por membros do Estado.

Após quase um ano, a fundação José Silveira resolveu sair da parceria o que gerou, em setembro do ano passado, o encerramento das atividades no Hospital Espanhol.

Fonte: da Redação