AO VIVO Últimas Notícias
15/09/2023 18h53 | Atualizado em 16/09/2023 08h47

Veja 5 curiosidades sobre Pitty; a cantora faz show gratuito em Salvador no domingo (17)

Estudo na UFBA, referência a livro britânico e prêmio de revelação: confira a trajetória de Pitty e curiosidades sobre o álbum de estreia da cantora

Veja 5 curiosidades sobre Pitty; a cantora faz show gratuito em Salvador no domingo (17) Foto: Instagram/@pitty
Lucas Pereira

Priscilla Novais Leone, a Pitty, é baiana, compositora e principal nome do rock baiano na atualidade. A cantora se apresenta neste domingo (17/9), no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, a partir das 19h, integrando a programação do Festival da Primavera. Gratuito, o show da turnê comemorativa de 20 anos do disco “Admirável Chip Novo”, promete reunir os grandes sucessos da artista.

Para já ir criando um clima de rock n’ roll, o Aratu On listou algumas curiosidades sobre a carreira de Pitty e o disco homenageado.

LEIA MAIS: ‘Dia de Rock é Todo Dia’: documentário original expõe força, dificuldade e futuro do rock em Salvador

1- Origens

metal tattoo divulgacao
divulgação/Metal Tattoo

Nascida em 7 de outubro de 1977, Pitty começou a frequentar a cena de rock baiana e no final da década de 1990 e começo dos anos 2000 integrou o grupo de hardcore Inkoma, ao lado de Sérgio Cambita, André e Pedro Pererê. No ano 2000, a banda, que passou por algumas alterações na composição, gravou seu único EP “Influir”. No ano seguinte, o grupo acabou e Pitty foi para a Universidade Federal da Bahia (UFBA), estudar música, ingressando em sua carreira solo logo depois.

2- Admirável Chip Novo (ACN) (2003)

capa deck disc
divulgação/Deck Disk

Já na UFBA em 2001, após o convite do produtor Rafael Ramos, Pitty gravou uma fita demo e já em 2002 entrou em estúdio para gravar seu álbum de lançamento, intitulado “Admirável Chip Novo”, em referência ao livro de ficção “Admirável Mundo Novo”, do inglês Aldous Huxley.

Sucesso de cara, o disco contém 11 canções, que se tornaram sucesso e até hoje fazem parte do repertório da cantora. Produzido por Rafael Ramos, com direção artística de João Augusto e gravação e mixagem de Rodrigo Vidal, “Admirável Chip Novo” foi lançado pela Deck Disc. A banda era composta por Joe (baixo), Peu Sousa (guitarra) e Duda Machado (bateria) e trazia uma sonoridade hard core, com a grande maioria das composições assinadas pela artista, as letras trazem críticas sociais e referências filosóficas, como “Máscara” e “O Lobo”.

Em termos de vendagens, o álbum de estreia rendeu à Pitty um Disco de Platina, com 250 mil cópias e foi o mais vendido do segmento de rock, em 2003, além do prêmio de “Revelação” no Prêmio Multishow de Música Brasileira.

3- Projetos Paralelos
cds

divulgação/Deck Disc

Após ACN, a cantora gravou os discos Anacrônico (2005), (Des)Concerto (2007) e Chiaroscuro (2009), Pitty, juntamente com o guitarrista Martin Mendonça (que atua na sua banda), criou o projeto “Agridoce”, que flerta com outras influências musicais, a exemplo do folk. Dividindo os vocais com Martin, Pitty ainda assume o piano no projeto, que teve a música “Dançando”, como grande hit.

Em 2022, juntamente com o ex-Titã Nando Reis, Pitty criou o projeto “PittyNando – As Suas, As Minhas e As Nossas”, onde a dupla mesclou os principais hits de ambos os repertórios e criaram novas roupagens e arranjos. Passando por vários estados, o espetáculo desembarcou em Salvador em 12 de novembro e lotou a Arena Fonte Nova.

4- Relação com a Bahia

Apesar de sair de Salvador para conquistar o Brasil inteiro, Pitty sempre manteve raízes com a música da Bahia. Ao longo de sua discografia, a artista sempre buscou parcerias e regravou canções de músicos baianos. Em seu álbum ao vivo “A Trupe Delirante No Circo Voador”, de 2011, a cantora divide os vocais com Fábio Cascadura na faixa “Senhor das Moscas”, da banda Cascadura.

Pitty também gravou “Noite Inteira” com Lazzo Matumbi em seu disco “Matriz” (2019) e, no ano seguinte, gravou o “Matriz Ao Vivo Na Bahia”, na Concha Acústica do TCA, com as participações de Lazzo, Larissa Luz e a banda BaianaSystem. Também nesse disco ao vivo, Pitty gravou a música “Motor”, do baiano Teago Oliveira, vocalista da Maglore. Canção essa que também ganhou uma versão de Gal Costa.

A última apresentação de Pitty em Salvador foi durante o Carnaval 2023, quando se apresentou no Trio do Rock, na Praça Castro Alves, mostrando que o rock também tem espaço na festa.

5- Músicas mais famosas

O Aratu On solicitou ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) dados sobre a discografia de Pitty. Nos últimos dez anos, as músicas mais tocadas da artista no segmento de shows foram:

1- Na Sua Estante
2- Me Adora
3- Equalize
4- Máscara
5- Admirável Chip Novo
6- Teto de Vidro
7- Memórias
8- Pulsos
9- Semana Que Vem
10- A Saideira

Na lista, metade das canções mais tocadas é do disco de estreia “Admirável Chip Novo”. Além disso, a lista das cinco músicas mais regravadas da artista é:

1 – Me adora
2 – Admirável chip novo
3 – Na sua estante
4 – Equalize
5- Máscara / Teto de Vidro

Show de Domingo

Comemorando os 20 anos de lançamento, o show “ACNXX – Admirável Chip Novo 20 anos” levará os grandes hits de Pitty para o Largo da Mariquita. A banda da artista é composta por Martin Mendonça (guitarra), Paulo Kishimoto (baixo) e Jean Dolabella (bateria).

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!