AO VIVO Últimas Notícias
22/05/2024 11h38 | Atualizado em 22/05/2024 13h11

Reunião entre rodoviários de Salvador valida estado de greve e categoria pode parar

A categoria se reuniu na manhã de hoje para avaliar a possibilidade de parada das atividades.

Reunião entre rodoviários de Salvador valida estado de greve e categoria pode parar Foto: Ilustrativa/Lícia Fontenelle/TV Aratu
Lucas Pereira

O Sindicato dos Rodoviários da Bahia aprovou, na primeira reunião desta quarta-feira (22/5), o estado de greve da categoria e Salvador pode ficar sem ônibus nos próximos dias. A categoria se reuniu na manhã de hoje para avaliar a possibilidade de parada das atividades.

À reportagem do Aratu On, o diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Daniel Mota, informou que a categoria se reúne, novamente, hoje à tarde, para concretizar a posição. Segundo Mota, nesta quinta-feira ocorrerá um encontro, mediado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), entre a categoria e os empresários para abalizar as reivindicações dos trabalhadores.

Na segunda-feira, o Sindicato dos Rodoviários aceitou reduzir as pautas em 50% para destravar as negociações com os patrões. Entre os pedidos da categoria estão questões de reajuste salarial e também supostos casos de assédio moral por parte de um diretor da OT Trans. Caso haja um avanço nas negociações e os rodoviários recebam uma “proposta respeitável”, há possibilidade de que não ocorra a greve.

GREVE UNIFICADA

Conforme antecipado pelo Aratu On em conversa com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários da Região Metropolitana de Salvador, Alagoinhas e Paulo Afonso (Sindmetro-BA), Mário Cléber Souza, caso ocorra uma greve dos rodoviários, o ato será “unificado”, não atingindo apenas Salvador, mas também, cidades da Região Metropolitana.

Em comunicado emitido, o Sindmetro informou que atendeu a “solicitação do Presidente do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Hélio Ferreira” e que realizará assembleia no próximo dia 28 de maio para buscar “aprovação da categoria nesta Greve unificada em todo o Estado”.

Vale lembrar que o Sindmetro decretou estado de greve no começo de abril, devido a problemas envolvendo o fechamento da empresa Costa Verde e a entrega de linhas da empresa Avanço.

LEIA MAIS

Diretor diz que rodoviários não querem greve e pede intervenção da prefeitura: ‘Tem total responsabilidade’

Sindicato confirma ‘trégua’ com Agerba e aguarda desfecho positivo sobre transporte metropolitano

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Envie denúncia ou sugestão de pauta para (71) 99940 – 7440 (WhatsApp).