AO VIVO Últimas Notícias
26/10/2023 10h30 | Atualizado em 26/10/2023 12h02

‘Irresponsável e desumano’, diz Fabrizzio Muller sobre atraso na saída dos ônibus

Muller destacou que a gestão municipal sempre está aberta ao diálogo com a categoria. “Não conseguimos compreender as motivações de um movimento feito dessa forma, sem qualquer aviso em tempo hábil

'Irresponsável e desumano', diz Fabrizzio Muller sobre atraso na saída dos ônibus Foto: Larissa Baracho/TV Aratu
Da Redação

O secretário de Mobilidade (Semob) de Salvador, Fabrizzio Muller, fez duras críticas ao movimento realizado pelo Sindicato dos Rodoviários na manhã desta quinta-feira (26/10), que provocou o atraso na saída dos ônibus das garagens. A situação gerou transtornos para a população.

“Foi um movimento completamente irresponsável e desumano do sindicato, que só prejudica a população de Salvador que depende do serviço de transporte coletivo”, criticou Muller, ao ressaltar que a paralisação foi feita sem qualquer aviso prévio em tempo hábil de comunicar à população.

“É lamentável que os rodoviários tenham optado por uma paralisação desumana e prejudicial à população. Não houve aviso prévio, o que demonstra falta de consideração com os cidadãos que dependem do transporte público. Decidiram isso no final do dia de ontem, sem tempo hábil de divulgação para permitir que a população se preparasse e se reprogramasse”, disse Muller.

Muller destacou que a gestão municipal sempre está aberta ao diálogo com a categoria. “Não conseguimos compreender as motivações de um movimento feito dessa forma, sem qualquer aviso em tempo hábil para o município e para população. Só esperamos que não haja outros interesses por trás disso. Existem diversos canais de diálogo para resolver questões trabalhistas, e a paralisação não é o caminho apropriado. Esperamos que a categoria repense suas ações e busque soluções de forma responsável e que não causem transtornos desnecessários à cidade”, afirmou.

RODOVIÁRIOS

Por outro lado, o Sindicato dos Rodoviários da Bahia emitiu nota, ontem (25/10), afirmando que o aviso foi liberado com antecedência em respeito à população que utiliza o meio de transporte.

“Por respeito à população, seguimos comprometidos em informar com previsibilidade aos soteropolitanos sobre ações que impactarão diretamente no funcionamento da cidade”, afirmou o sindicato na nota.

As assembleias realizadas, na manhã desta quinta-feira (26/10), em algumas garagens de Salvador, foram para discutir, segundo o sindicato, sobre os descumprimentos da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) por parte das empresas.

LEIA MAIS: Com ameaça de greve, rodoviários iniciam jornada com atraso nesta quinta-feira em Salvador

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!